REDAÇÃO

aa

 


Qual destes sites é mais eficiente para vender seu produto?

Você já sabe a resposta. Ambos têm um design colorido, mas só o segundo tem TEXTO.

     
aa   texto que você utiliza para vender seu produto ou serviço é o que faz a diferença. Desde os primórdios do comércio,negócios são feitos com palavras. Sua empresa conversa com o mercado?

Investir em tecnologia e design é importante, mas é o texto que conversa com seu público. Seu site, seu blog, catálogos ou qualquer material promocional deve levar uma mensagem clara dos benefícios que os leitores buscam. Se não conseguir, sua empresa vai ficar falando sozinha.

Mario Persona transforma sua mensagem numa agradávelconversa com o cliente, para atrair sua atenção, cativá-lo e criar confiança para fechar negócios. O poder persuasivo da palavra é o que convence o mercado. A criatividade, ritmo e informalidade da mensagem é o que fixa a imagem na mente do seu público.

Mario Persona traduz conceitos e produtos, graças a uma soma peculiar de experiências em redação, tradução e negócios. Além de ter atuado como executivo, sua bagagem inclui mais de vinte anos como tradutor de textos técnicos, de administração e negócios, além de dez anos na área editorial

Autor de artigos e crônicas publicados por mais de quinhentossites, jornais, revistas, house-organs, boletins e e-newsletters, seu estilo de um verdadeiro story-teller é rico em , casos, analogias e exemplos. Mario Persona identifica, elabora e conta a história de sua empresa, acrescentando cores e brilho, criando uma identidade simpática e de fácil assimilação.

É possível aplicar esta experiência a seus textos publicitários, na comunicação corporativa interna ou externa, ou até mesmo em sua correspondência comercial. Crônicas e artigos escritos com uma mescla de publicidade, informação, conhecimento e entretenimento podem enriquecer seu site, blog, house-organ, boletim eletrônico ou qualquer publicação.

Redação e tradução como estratégias de aprendizado contínuo.

Desde 1983 escrevo e faço traduções inglês-português de textos para grandes corporações. Embora hoje minha principal atividade esteja mais voltada à consultoria, ensino e palestras de comunicação e marketing, nunca parei de escrever ou traduzir.

A razão é simples. Traduzir é uma excelente forma de aprender, e traduzir textos de negócios me permite estar sempre em dia com o que há de mais recente circulando no meio empresarial, além de ser uma de minhas paixões, já que está intimamente ligada à minha atividade de escritor.

Traduzir nem sempre é apenas verter um texto para outro idioma, mas transformá-lo em informação fácil de digerir. A realidade cultural de diferentes países tem grande influência na hora de você transportar as vantagens de seu produto ou serviço para a língua Portuguesa falada no Brasil. E escrever é invadir neurônios para despertar paixões.

Para uma redação publicitária, uma tradução técnica fiel aos originais, ou uma versão que vá além do idioma, traduzindo também conceitos e sentimentos,converse comigo. Seu texto será escrito por um tradutor ou traduzido por um escritor.

Mario Persona


Veja o que dizem dos textos de Mario Persona. 

Saiba quais empresas recebem suas crônicas. 

Veículos que publicaram entrevistas, artigos e crônicas de Mario Persona


Leia esta crônica e aprenda as técnicas de redação para um público conectado:


Receita para manjar de escrever

Existe uma receita para se escrever na Web? Sim, existe. Para quem lê com pressa na tela. E quem hoje lê, tem pressa. Escrever assim é como fazer manjar. A receita é simples, rápida e barata. Mas adoça a vida de quem prova, e traz no nome a fama de iguaria indescritível. Escreva como quem prepara um manjar dos deuses. E sirva acompanhado do néctar da paixão. 

A gostosa crônica, que se lê com o paladar, é um manjar das letras. Linguagem informal, frases curtas, parágrafos breves, uma séria conversa fiada. Quer escrever assim? Então comece untando a fôrma com metáforas cômicas. O humor é o atalho mais curto para o cérebro. Escreva para anistiar os gostos de forma ampla, geral e irrestrita. Diversifique seus temas, pois não há dois leitores iguais. Nem mesmo em um só leitor. 

Manjar do assunto é condição de consistência para seu manjar. Se faltar, sobra o buraco da fôrma. Familiarizado, você brinca com as palavras, usa trocadilhos, evita polemizar mas não poetizar. Pois rimas ocultas estimulam os neurônios. São qual libélulas, graciosas sinapses em infindas células. 

Abuse do corriqueiro e deixe os tecnicismos para terceiros. Crie um texto seminal, que invada o cérebro de seu leitor em busca do óvulo comum das emoções humanas. E o fertilize com uma mensagem que crie empatia. Seu leitor pensará que sua mensagem é de concepção familiar. Uma intrusa, porém amada. Que não se quer abortar. 

Mas não se esqueça do relevante. Conhecimento, "pero no mucho", para evitar o fastio nauseabundo. Arrebate seu leitor da mesmice letárgica do vocabulário cotidiano, ousando alfinetar nele uma palavra pouco usual. Que exale um leve aroma de erudição e desperte um apetite mental de novas descobertas. 

Seja sincero, seja simples. Mostre que não sabe tudo. Pois o aprender é uma experiência conjunta, e seu leitor é seu tutor. Chame-o de você, leve-o para viajar junto. Por uma senda tão dourada quanto a calda de ameixas que, preguiçosa, desliza por seu manjar. Irresistível. De dar água na boca. Se funciona? Pergunte à saliva. 

Crie o suspense da próxima colherada. Termine um parágrafo com um desafio que o leve ao próximo. Algeme o leitor ao seu compasso, para não parar de ler. Seja dinâmico, tenha cadência, esbanje charme. Abuse dos verbos no presente para grudar sua atenção na ação. Ouse romper com regras gramaticais. Sem machucar a língua. 

De vez em quando, derrame uma citação de adorno. Mas evite Benjamin Franklin, pai das frases órfãs. Na falta de um autor, costumam atribuir a ele. A justificativa, dos que lhe são íntimos, é que o raio que caiu em sua pipa fez Ben dizer tanta coisa, que pode ter dito aquilo também. 

Use a Internet. Abuse do meio, mas não do fim. Não perturbe seu leitor com o inesperado inoportuno de uma intrusão bandida. Mas crie disseminadores para sua mensagem. Que a multipliquem. Para que o aroma de seu manjar chegue a quem chegar. Algo tão delicioso, que leve você a acreditar que todos irão pedir a receita. 

Aconteceu comigo em uma casa-portuguesa-com-certeza. Branca, emoldurada em rua de amendoeiras em Loulé, sul de Portugal. Sentado à imaculada mesa de uma cozinha cirurgicamente limpa, senti derreter na boca o delicioso manjar branco de dona Isaura. 

"Delicioso!", comentei, sacando do bolso caneta e agenda. Lembrava-me de algo que iria discutir na reunião em Lisboa no outro dia. Era escrever ou esquecer. Mas dona Isaura pensou que o assunto era o seu manjar. E começou a ditar: "Um litro de leite, oito colheres de açúcar...". Para não desapontá-la, anotei mecanicamente, enquanto me esquecia do compromisso. 

Voltei ao Brasil com uma agenda de compromissos resolvidos e uma receita de manjar a resolver. O que nunca tentei. De nada adiantaria tentar a receita, se me faltava a mão de dona Isaura para transformá-la em manjar. 

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Esta crônica faz parte dos temas apresentados em suas palestras. Veja emwww.mariopersona.com.br

Esta crônica de Mario Persona pode ser publicada gratuitamente como colaboração em seu site, jornal, revista ou boletim, desde que mantidas na íntegra as referências acima. 

 

UM CONTADOR DE HISTÓRIAS

Com seu estilo inconfundível, o palestrante Mario Persona transforma grandes questões em conceitos simples e de fácil compreensão para qualquer audiência.

Um fino senso de humor e talento de cronista, aliados à experiência empresarial, lhe permitem extrair do banal o extraordinário e transformar "causos" corriqueiros em analogias perfeitas para a vida, carreira e negócios.

Para saber mais sobre o palestrante
clique aqui ou entre em contato para
receber uma proposta. Ou ligue para
(19) 99870-7899 / 99789-7939
contato@mariopersona.com.br

Laura Loft - Diário de uma recepcionista
Laura Loft
Diário de uma recepcionista
Marketing de Gente
Marketing
de Gente
Receitas de Grandes Negócios
Receitas de
Grandes Negócios
Gestão de Mudanças
Gestão de
Mudanças
Crônicas de uma Internet de verão
Crônicas de uma
Internet de verão
Marketing Tutti-Frutti
Marketing
Tutti-Frutti
Dia de Mudança
Dia de
Mudança
Crônicas para ler depois do fim do mundo
Crônicas para ler
depois do fim do mundo
Eu quero um refil!
Eu quero
um refil!
Meu carro sumiu!
Meu carro
Sumiu!
Moving ON
Moving
ON
Uma luta pela vida
Uma luta pela vida
Lia Persona Hadley
O Evangelho em 3 minutos - Mateus
O Evangelho em 3 minutos
Mateus
O Evangelho em 3 minutos - João
O Evangelho em 3 minutos
João
O que respondi - Vol. 1
O que respondi
Vol. 1
O que respondi - Vol. 2
O que respondi
Vol. 2
O que respondi - Vol. 3
O que respondi
Vol. 3
O que respondi - Vol. 4
O que respondi
Vol. 4
O que respondi - Vol. 5
O que respondi
Vol. 5
O que respondi - Vol. 6
O que respondi
Vol. 6
O que respondi - Vol. 7
O que respondi
Vol. 7
O que respondi - Vol. 8
O que respondi
Vol. 8
O que respondi - Vol. 9
O que respondi
Vol. 9
Você encontra os livros de Mario Persona também nestes endereços: