ENTREVISTA

Início de carreira

Obter sucesso quando se é muito jovem pode distorcer os próximos passos da carreira? 

Mario Persona - 
Vamos colocar a mesma pergunta na cabeça de um jovem hoje que pensasse assim: 

"Será que se eu for bem sucedido neste meu primeiro emprego poderei comprometer meus próximos passos na carreira?"

Eu diria que se o jovem se preocupar com isso em sua primeira atuação no mercado de trabalho, aí sim ele poderá ter sérios problemas em toda a sua carreira. Ele precisa mais é dar o melhor de si, nessa e em qualquer outra etapa de sua carreira, se quiser ter sucesso em todas. Afinal, neste mundo mutante ninguém poderá sequer prever quais serão as próximas etapas, profissões ou funções que alguém poderá assumir.

O problema é que o sucesso pode ser inimigo da inovação. Lembro-me de profissionais muito bem sucedidos na área de software para os antigos mainframes que acabaram perdendo oportunidades de carreira por duvidarem do computador pessoal. O fato de serem tratados como semi-deuses por sua capacidade de decifrar e interagir com os complexos sistemas do passado fazia com que vissem o computador pessoal como uma ameaça. O progresso podia fazer com que perdessem o trono.

Hoje um jovem pode iniciar uma faculdade em uma área, que será outra ao terminar seu curso, e outra ainda diferente dois ou três anos depois. Se ele foi bem sucedido em uma área e conseguir passar com louvor em outra e mais outra, eu apostaria que esse profissional pode se dar bem em qualquer ambiente e função.

Veja o caso da alta gerência das empresas. Um bem sucedido diretor ou presidente de uma indústria de autopeças pode estar, numa próxima etapa, dirigindo uma empresa de telefonia ou um grande varejista. Sua visão estratégica e de negócios é o que será importante, não o conhecimento técnico específico, que poderá ter mudado do mainframe para o computador pessoal. A especialização sempre apresenta o risco de estreitar a visão.

Qual é a dica de ouro e o pulo-do-gato para quem está há pouco tempo no mercado e quer se planejar para ter uma carreira de sucesso? 

Mario Persona - 
Primeiro, ser curioso e trabalhar com afinco, nem tanto pelo salário, mas pela experiência. Ninguém sabe se a área onde dará seus primeiros passos é realmente aquela para a qual tem vocação. É preciso estar sempre pronto para mudar, e é fazendo que descobrimos o que gostamos de fazer. Pode ter certeza de que a probabilidade de qualquer jovem profissional estar em outra profissão dez anos depois é muito grande.

Conheço médicos que viraram empresários, dentistas que viraram vendedores e engenheiros que viraram suco. Eu mesmo sou um arquiteto que já passou por inúmeras atividades e profissões. De todas elas eu trouxe alguma bagagem para a atividade que exerço hoje.

Trabalhar para alguém é importante no início da carreira, pois a visão de alguém que nunca trabalhou ou que trabalha por conta própria é completamente diferente da visão que se tem dentro de uma organização. Por isso é bom ser empregado de alguém, nem que seja para aprender a um dia ser patrão. Mas, em hipótese alguma diga que você quer entrar numa empresa para aprender, porque empresa não é escola, pelo menos do ponto de vista dela. Ela contrata pessoas para obter do trabalho delas retorno e lucro, não para ensiná-las. Elas já devem chegar ali com algum conhecimento obtido na escola ou no auto-aprendizado que seja possível de ser transformado em lucro.

Hoje as empresas não contratam apenas pelo currículo escolar, mas principalmente pelo currículo profissional, pelo que o profissional é capaz de executar. Do jeito que as coisas andam, ninguém mais pode se dar ao luxo de criar um profissional; ele precisa entrar já dando resultado e mostrar que irá dar ainda mais. 

Por isso, quem tem todos os cursos possíveis e imagináveis, porém nunca trabalhou, está em desvantagem em relação a alguém que tenha apenas o curso necessário para aquela função (ou às vezes nem isso), além de um bom tempo de experiência comprovada. Este pode dar resultado mais rapidamente para a empresa que o emprega.

Agora a dica de ouro mesmo é o profissional trabalhar sempre com um olho fora do emprego, porque hoje dificilmente alguém se aposenta na função. O mais provável é que depois do quarenta você entre para o rol dos substituíveis e veja alguém com metade da sua idade ocupar seu posto. Todo profissional precisa incluir, em seu planejamento de longo prazo, o dia quando terá de trabalhar por conta própria para colocar os últimos tijolinhos ou o telhado na construção de sua carreira.

Entrevista concedida à Revista Você SA em 18/01/2008 para uma matéria sobre jovens e carreira.

Entrevistas como esta costumam ser feitas para a elaboração de matérias, portanto nem tudo acaba publicado. Eventualmente são aproveitadas apenas algumas frases a título de declarações do entrevistado. Para não perder o que disse na hora, costumo gravar ou dar entrevistas por escrito. A íntegra do que foi falado você encontra aqui. 

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Veja emwww.mariopersona.com.br

UM CONTADOR DE HISTÓRIAS

Com seu estilo inconfundível, o palestrante Mario Persona transforma grandes questões em conceitos simples e de fácil compreensão para qualquer audiência.

Um fino senso de humor e talento de cronista, aliados à experiência empresarial, lhe permitem extrair do banal o extraordinário e transformar "causos" corriqueiros em analogias perfeitas para a vida, carreira e negócios.

Para saber mais sobre o palestrante
clique aqui ou entre em contato para
receber uma proposta. Ou ligue para
(19) 99870-7899 / 99789-7939
contato@mariopersona.com.br

Laura Loft - Diário de uma recepcionista
Laura Loft
Diário de uma recepcionista
Marketing de Gente
Marketing
de Gente
Receitas de Grandes Negócios
Receitas de
Grandes Negócios
Gestão de Mudanças
Gestão de
Mudanças
Crônicas de uma Internet de verão
Crônicas de uma
Internet de verão
Marketing Tutti-Frutti
Marketing
Tutti-Frutti
Dia de Mudança
Dia de
Mudança
Crônicas para ler depois do fim do mundo
Crônicas para ler
depois do fim do mundo
Eu quero um refil!
Eu quero
um refil!
Meu carro sumiu!
Meu carro
Sumiu!
Moving ON
Moving
ON
Uma luta pela vida
Uma luta pela vida
Lia Persona Hadley
O Evangelho em 3 minutos - Mateus
O Evangelho em 3 minutos
Mateus
O Evangelho em 3 minutos - João
O Evangelho em 3 minutos
João
O que respondi - Vol. 1
O que respondi
Vol. 1
O que respondi - Vol. 2
O que respondi
Vol. 2
O que respondi - Vol. 3
O que respondi
Vol. 3
O que respondi - Vol. 4
O que respondi
Vol. 4
O que respondi - Vol. 5
O que respondi
Vol. 5
O que respondi - Vol. 6
O que respondi
Vol. 6
O que respondi - Vol. 7
O que respondi
Vol. 7
O que respondi - Vol. 8
O que respondi
Vol. 8
O que respondi - Vol. 9
O que respondi
Vol. 9
Você encontra os livros de Mario Persona também nestes endereços: