ENTREVISTA

A importância da comunicação na carreira profissional

Do ponto de vista profissional, qual a real importância da comunicação?


Mario Persona: A boa comunicação é ferramenta essencial para qualquer profissional. E isso não só para obter benefícios diretos para sua carreira, mas até para desempenhar seu papel na função que exerce. Há pessoas com uma excelente bagagem que não conseguem passar para uma posição de gerência por absoluta falta de comunicação. Como poderão dirigir pessoas se não sabem como transmitir a elas o que desejam, suas metas, diretrizes e expectativas de desempenho? 

Mas, para o profissional, o papel da comunicação começa bem antes de sua atuação numa determinada função, começa na hora de conseguir um emprego ou um contrato para prestar um serviço ou fornecer um produto. Sem essa habilidade ele já sai em desvantagem em relação aos seus concorrentes. E quando falo de comunicação, trata-se de comunicação integral que envolve fala, escrita, postura e até mesmo suas atitudes, crenças e valores. O ser humano é um verdadeiro objeto de comunicação multimídia e deixa sua influência por onde passa pelo que ele é, além daquilo que diz ou escreve. 

Dependendo da situação ele poderá precisar de maior ou menor habilidade na fala ou na escrita, por exemplo. Hoje a universidade dá grande importância à capacidade de escrever do aluno, mas o que o mercado exige dele é justamente uma capacidade maior de comunicação oral. Será que algum curso já pensou em preparar seus alunos para falar?

As pessoas tímidas correm o risco de serem eliminadas do mercado de trabalho?

Mario Persona: Isso é relativo. Há pessoas tímidas que se expressam muito bem quando escrevem ou mesmo quando falam. Às vezes a timidez pode ser uma característica desejável em certas funções, pois poderá ser associada a um comportamento reservado e discreto, útil em algumas profissões. Como acontece com muitas outras características pessoais, o que o profissional precisa é saber transformar suas características em pontos positivos, buscando uma atuação onde essa característica seja mais desejável. 

Vivemos imersos em paradigmas que nem sempre têm razão de ser. Achamos que só alguém com a desenvoltura de um político ou a dicção de um apresentador de TV será capaz de ter sucesso em sua profissão. Veja, por exemplo, a imagem que fazemos do bom vendedor. Um sujeito falante, destemido, desenvolto e bom de conversa para qualquer ocasião. No entanto, o norte-americano Ben Feldman foi considerado um dos maiores vendedores de seguros do mundo e dificilmente passaria em um teste de marketing pessoal ou comunicação segundo o conceito de alguns. Ele era baixinho, gordinho, careca, tinha a língua presa e a primeira vez que precisou falar em público só conseguiu fazê-lo atrás da cortina do palco, de tanta vergonha que tinha de enfrentar uma platéia. Para ele, vender era acreditar naquilo que vendia e ser apaixonado pelo que fazia. 

A paixão faz os olhos do profissional brilhar quando fala daquilo que faz, e só esse brilho no olhar pode valer mais que mil palavras ditas por um tagarela sem convicção. Portanto, melhor que uma comunicação perfeita é uma convicção perfeita daquilo que se procura comunicar. Evidentemente se a pessoa tiver essa convicção e ainda uma boa comunicação, será mais fácil conquistar seu espaço no mercado e influenciar pessoas com suas idéias. Mas tenha sempre em mente o que escreveu Ralph Waldo Emerson: “Aquilo que você é soa tão alto que mal posso ouvir o que você diz”. 

Existe alguma técnica para se comunicar melhor?

Mario Persona: 
Há muitas, mas a primeira e mais importante é saber perguntar. Comunicação é uma via de mão dupla e todo profissional deve ter bem claro em mente que aquilo que deve dizer é aquilo que precisa ser dito para uma audiência em particular, em uma ocasião em especial, dentro de um contexto bem definido e com objetivos claros. Tudo isso só pode ser alcançado se o profissional fizer um trabalho investigativo prévio, perguntando ou pesquisando. 

Veja, portanto, que a comunicação eficaz é um processo, e não um discurso qualquer bem elaborado. Começa investigando, perguntando, percebendo a situação, as pessoas e o ambiente, para então adaptar a mensagem de forma que seja compreensível ao receptor, levando em consideração os ruídos do processo, as necessidades do público alvo, diferenças culturais, meios utilizados e uma série de outras variáveis. Tudo se resume em saber perguntar, em fazer as perguntas certas para que sua comunicação seja efetivamente uma resposta aos anseios e expectativas de sua audiência.

Qual a tendência para novos profissionais, ou seja, o que é necessário para ter certeza que você conseguirá se manter empregado?

Mario Persona: 
Primeiro, acho que o velho conceito de se manter empregado já não se aplica nos dias de hoje. Se encontrar alguém que conseguiu manter um emprego por trinta anos, estará diante de alguém vivendo o conceito de empregabilidade que vigorou nos dias de nossos pais e avós. Hoje eu prefiro falar em empregabilidade, um tema muito bem abordado por José Augusto Minarelli em seu livro de mesmo nome, que é a capacidade do profissional se manter apto a estar sempre sendo "empregado", no sentido de utilizado, pelo mercado. 

O conceito de emprego está mudando e hoje é comum você encontrar empresas onde o número de colaboradores que fazem parte de sua lista de funcionários é menor do que o de colaboradores que trabalham como prestadores de serviços. Obviamente é mais fácil para a empresa substituir um prestador de serviços que não atenda às expectativas do que substituir um colaborador efetivado, por isso o profissional deve hoje se preparar para ser um prestador de serviços, ainda que esteja temporariamente trabalhando com carteira assinada. 

Pensando desta forma ele se manterá sempre afinado, em contínuo aprendizado, porque sabe que não existe mais emprego duradouro visando uma aposentadoria, mas uma carreira que irá se adaptando conforme o mercado, seus conhecimentos, habilidades e capacidade de trabalho, o que também irá mudar com sua idade, disposição física etc. Comunicação é apenas um dos fatores envolvidos numa carreira hoje, mas é um fator importante o suficiente para ser o diferencial entre uma carreira de sucesso ou de fracasso. Afinal, como as pessoas saberão que sou apto se eu não souber demonstrar isso de alguma forma? Essa demonstração de minha capacidade é comunicação.

Entrevista concedida ao Jornal Identidade da ALIE em 25/10/2005 para uma matéria sobre comunicação.

Entrevistas como esta costumam ser feitas para a elaboração de matérias, portanto nem tudo acaba publicado. Eventualmente são aproveitadas apenas algumas frases a título de declarações do entrevistado. Para não perder o que disse na hora e posso nunca mais conseguir dizer, costumo gravar ou dar entrevistas por escrito. A íntegra do que foi falado você encontra aqui. 

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Veja emwww.mariopersona.com.br 

UM CONTADOR DE HISTÓRIAS

Com seu estilo inconfundível, o palestrante Mario Persona transforma grandes questões em conceitos simples e de fácil compreensão para qualquer audiência.

Um fino senso de humor e talento de cronista, aliados à experiência empresarial, lhe permitem extrair do banal o extraordinário e transformar "causos" corriqueiros em analogias perfeitas para a vida, carreira e negócios.

Para saber mais sobre o palestrante
clique aqui ou entre em contato para
receber uma proposta. Ou ligue para
19 3038-4283
contato@mariopersona.com.br

Marketing de Gente
Marketing
de Gente
Marketing Tutti-Frutti
Marketing
Tutti-Frutti
Receitas de Grandes Negócios
Receitas de
Grandes Negócios
Gestão de Mudanças em Tempos de Oportunidades
Gestão de
Mudanças
Crônicas de uma Internet de Verão
Crônicas de uma

Internet de Verão
Moving ON
Moving ON (inglês)
Dia de Mudança
Dia de
Mudança
Crônicas para ler depois do fim do mundo
Crônicas para ler

depois do fim do mundo
Eu quero um refil!
Eu quero
um refil!
O Evangelho em 3 Minutos - Mateus
O Evangelho em

3 Minutos - Mateus
O Evangelho em 3 Minutos - João
O Evangelho em

3 Minutos - João
Meu carro sumiu!
Meu carro sumiu!
Você encontra os livros de Mario Persona também nestes endereços: