ENTREVISTA

Comunicação: Ferramenta Estratégica para o Trabalho

Folha Dirigida Fui entrevistado pelo Jornal de Empregos e Estágios doGrupo Folha Dirigida para a matéria "Comunicação: Ferramenta Estratégica para o Trabalho", sobre a importância da comunicação na carreira e sua influência na conquista de um bom emprego. A íntegra da entrevista você encontra aqui, além de uma simulação da entrevista em vídeo..

Jornal de Empregos e Estágios - O que significa comunicação e como o entendimento disso pode ser aplicado a uma empresa e a um profissional?

Mario Persona -
 Comunicação é o que comunica ação, o pensamento transformado em mensagem, direcionada ou não, para conseguir um determinado resultado. Se você prestar atenção, todas as ações, todas as obras, todas as realizações, grandes e pequenas, começam pela comunicação. 

Portanto, se uma empresa quiser obter bons resultados no mercado ela deve começar aprimorando sua comunicação interna e depois cuidar da comunicação com fornecedores e clientes. A empresa deve identificar cada um dos satélites que orbitam em redor de si, de sua marca, produtos e serviços, e criar uma comunicação direta e segura com todos eles. O mesmo vale para cada profissional individualmente.

Jornal de Empregos e Estágios - Devemos ampliar esse conceito dentro de uma dimensão não-verbal, para além do verbal? Comunicação por ações, imagens etc...?

Mario Persona - 
Sim, a empresa está continuamente enviando mensagens, estejam as pessoas que enviam e recebem essas mensagens conscientes disso ou não. Cores, imagem, as roupas dos colaboradores, o sorriso das pessoas, o movimento na empresa, suas instalações, o ambiente, o tipo de veículos que emprega, suas ações de preservação do ambiente e responsabilidade social, o investimento que faz na comunidade, tudo está continuamente mandando mensagens. É comum encontrarmos empresas que dizem uma coisa mas mostram outra completamente diferente. Estão com problemas na comunicação. 

O mesmo acontece de uma forma bastante clara com cada pessoa. Outro dia fiquei observando um executivo na fila no aeroporto. Os funcionários estavam às voltas com o equipamento de raios X e a fila foi crescendo. Ele estava na minha frente e pude perceber seu pescoço ir mudando de cor abaixo das orelhas. Depois seus braços foram se abrindo, como se estivesse carregando livros sob as axilas. Aí ele colocou as mãos na cintura, estufou o peito e colocou um pé na frente do outro, apontando para os funcionários, numa postura de indignação e agressividade. Ele não disse uma palavra, mas seu corpo era um discurso, uma verdadeira caixa de reclamações. 

Aprender o que significam os sinais que o corpo manda pode ser de grande ajuda para um profissional em qualquer atividade. Entender os sinais que o mercado manda pode também fazer a diferença para o sucesso de uma empresa. A comunicação é, portanto, um verdadeiro feixe de canais levando e trazendo mensagens continuamente, sejam elas verbais ou não. Todo profissional deve ter um bom domínio disso para saber trabalhar as mensagens que envia, e também reconhecer e filtrar as que recebe.

Jornal de Empregos e Estágios - Em que medida hoje se fala em comunicação estratégica dentro de uma empresa? Poderíamos relacionar isso à chamada sociedade da informação ou do conhecimento? Em que consistem estes termos?

Mario Persona - 
O papel da comunicação estratégica é definir como a organização e seus componentes devem fazer uso da comunicação para interagir interna e externamente com o meio. Essa interação é fundamental para que a empresa deixe claro qual o seu papel na sociedade, já que hoje está muito claro que não basta a empresa se concentrar no lucro. Ela precisa gerar lucro, porém dentro do contexto social, promovendo o crescimento da sociedade que é sua fonte de recursos. Por isso empresas investem hoje em educação, saúde e empreendedorismo, de olho em uma sociedade mais preparada para consumir produtos sofisticados, durante um tempo de vida maior e dispor de recursos para fazê-lo.

A sociedade da informação criou meios para que essa comunicação seja facilitada, mas também criou dispositivos facilitadores também para a outra extremidade, o que é literalmente uma faca de dois gumes. Se hoje a empresa consegue se comunicar com seu mercado com maior facilidade, as pessoas que compõem esse mercado também podem se comunicar com suas redes de relacionamento na mesma medida. Antigamente a empresa que tivesse poder de investir em uma tecnologia como a televisão era capaz de falar com muita gente, mas seus clientes apenas se comunicavam com seus vizinhos e amigos. Hoje ambos têm o mesmo poder de acesso às massas graças à democratização da tecnologia da informação.

A sociedade do conhecimento também implica na democratização da informação que gera conhecimento, à qual todos têm acesso. Antigamente era improvável que um cidadão comum soubesse o significado dos componentes de um alimento industrializado, seus benefícios e perigos. Hoje, com o acesso a qualquer tipo de informação na ponta dos dedos, as pessoas podem facilmente determinar se uma empresa está agindo de forma responsável com as substâncias químicas ou os processos aplicados, por exemplo, na fabricação de algum alimento.

Jornal de Empregos e Estágios - Quais são os problemas mais comuns dentro das empresas e das relações entre profissionais, quando o assunto é a comunicação? Quais as causas e conseqüências destas "ruídos" ou "falhas estratégicas"?

Mario Persona -
 Normalmente a dificuldade está em romper com velhos paradigmas, como o da comunicação vertical, de cima para baixo. O achatamento das estruturas, antigamente compostas de um grande número de cargos entre a base e o topo da pirâmide de comando, tornou a comunicação muito mais horizontal. Se antes alguém do topo precisasse ter sua mensagem transmitida de função a função até chegar à base, hoje ele essa pessoa está a apenas dois ou três passos da base e a capilaridade horizontal também foi ampliada. A comunicação fica assim muito mais fluída, mas o poder é também diluído, o que causa um certo incômodo naqueles que trabalhavam à moda antiga.

Essa fluidez, pela ausência hoje dos elementos intermediários, evita muito do ruído antigamente encontrado na comunicação interna de uma empresa. Como acontece naquela brincadeira de "telefone sem fio", na qual cada um que escuta mal o que foi dito passa uma mensagem distorcida para o próximo, o achatamento das organizações está sendo muito benéfico na clareza da mensagem e na exatidão dos resultados.

Jornal de Empregos e Estágios - De que modo um profissional pode trabalhar a comunicação como ferramenta e competência em sua carreira?

Mario Persona - 
Primeiro ele deve se conscientizar que comunicação é um processo de aprendizado contínuo. Somente na comunicação pessoal, você tem uma infinidade de elementos de comunicação não verbal que levaríamos uma vida inteira para aprender. Depois ele deve ter em mente que a clareza em sua comunicação pode contar pontos em uma sociedade que não tem tempo a perder com floreios e reviravoltas para comunicar algo. Brevidade e simplicidade reinam na comunicação moderna.

Mais importante ainda do que enviar mensagens, é a recepção delas e a capacidade de interpretar o feedback. Em comunicação é mais importante ouvir do que falar, porque se quisermos interagir e influenciar pessoas é preciso primeiro que saibamos em quê essas pessoas gostariam de ser influenciadas e qual é a melhor forma de interagirmos com elas.

Jornal de Empregos e Estágios - É possível ser comunicativo e tímido ao mesmo tempo? Ao mesmo tempo extrovertido e pouco comunicativo? Como poderíamos estabelecer estas diferenças (caso existam) no ambiente de trabalho?

Mario Persona - 
Sim, eu mesmo me enquadro nessa descrição. Sou avesso a festas e aglomerações, não sou do tipo que sai com amigos para bater papo e adoro ficar em meu canto lendo um livro. Todavia, sou palestrante e bastante comunicativo quando a situação exige. Entendo que todas as pessoas devem preservar suas características pessoais e entender que comunicação, no sentido de extroversão, é um papel que assumimos, uma ferramenta que utilizamos. Todos somos atores em algum momento de nossa atuação profissional ou pessoal.

Jornal de Empregos e Estágios - Como poderíamos relacionar, enfim, comunicabilidade com empregabilidade?

Mario Persona -
 Se um profissional não consegue comunicar suas competências ele terá dificuldade em conseguir uma colocação à altura. Pela mesma razão que não compramos produtos que desconhecemos ou cujas características e benefícios não estejam muito claros, uma empresa ou um cliente não contratará um profissional sem ter uma idéia clara daquilo que ele poderá trazer de benefícios para a empresa. Como diz o ditado, ninguém come ovos de pata porque quem canta é a galinha.


Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Veja emwww.mariopersona.com.br

 

UM CONTADOR DE HISTÓRIAS

Com seu estilo inconfundível, o palestrante Mario Persona transforma grandes questões em conceitos simples e de fácil compreensão para qualquer audiência.

Um fino senso de humor e talento de cronista, aliados à experiência empresarial, lhe permitem extrair do banal o extraordinário e transformar "causos" corriqueiros em analogias perfeitas para a vida, carreira e negócios.

Para saber mais sobre o palestrante
clique aqui ou entre em contato para
receber uma proposta. Ou ligue para
(19) 99870-7899 / 99789-7939
contato@mariopersona.com.br

Laura Loft - Diário de uma recepcionista
Laura Loft
Diário de uma recepcionista
Marketing de Gente
Marketing
de Gente
Receitas de Grandes Negócios
Receitas de
Grandes Negócios
Gestão de Mudanças
Gestão de
Mudanças
Crônicas de uma Internet de verão
Crônicas de uma
Internet de verão
Marketing Tutti-Frutti
Marketing
Tutti-Frutti
Dia de Mudança
Dia de
Mudança
Crônicas para ler depois do fim do mundo
Crônicas para ler
depois do fim do mundo
Eu quero um refil!
Eu quero
um refil!
Meu carro sumiu!
Meu carro
Sumiu!
Moving ON
Moving
ON
Uma luta pela vida
Uma luta pela vida
Lia Persona Hadley
O Evangelho em 3 minutos - Mateus
O Evangelho em 3 minutos
Mateus
O Evangelho em 3 minutos - João
O Evangelho em 3 minutos
João
O que respondi - Vol. 1
O que respondi
Vol. 1
O que respondi - Vol. 2
O que respondi
Vol. 2
O que respondi - Vol. 3
O que respondi
Vol. 3
O que respondi - Vol. 4
O que respondi
Vol. 4
O que respondi - Vol. 5
O que respondi
Vol. 5
O que respondi - Vol. 6
O que respondi
Vol. 6
O que respondi - Vol. 7
O que respondi
Vol. 7
O que respondi - Vol. 8
O que respondi
Vol. 8
O que respondi - Vol. 9
O que respondi
Vol. 9
Você encontra os livros de Mario Persona também nestes endereços: