ENTREVISTA

PLANEJAMENTO DE CARREIRA

O que é pra você planejar a carreira? 

Mario Persona - 
Planejar a carreira é importante porque ajuda o profissional a estabelecer uma meta para sua vida. Quando ele planeja, ele assume um compromisso de chegar lá, e aí começa a trabalhar nesse sentido. Se não existir um objetivo e um planejamento para a carreira, o profissional corre o risco de se acomodar.

Planejar a carreira é como fazer a planta da casa enquanto o terreno ainda está vazio. Você não vai querer construir de qualquer jeito para ver no que dá, mas planeja de antemão o tipo de construção que pretende fazer para evitar desperdiçar material e ocupar mal o terreno. No planejamento entra também uma avaliação dos recursos disponíveis. Eu não posso querer planejar uma carreira de jogador de futebol ou de músico se não tiver físico ou talento para isso.

No terreno de nossa vida profissional é preciso saber empregar bem os recursos de tempo e dinheiro na construção de uma carreira, e para isso é bom planejar. Mas o planejamento deve ser flexível, pois, como acontece numa construção, podemos encontrar obstáculos que nos obriguem a alterar o projeto. Ou pode ser o caso de surgir a oportunidade de comprar o terreno vizinho e nosso projeto precisar ser ampliado. 

Assim é com a carreira: nem sempre o que planejamos pode acontecer, pois podemos encontrar restrições e falta de capacidade. Mas também podem surgir oportunidades que devemos estar prontos para agarrar. Não podemos nos limitar pelo planejamento, mas fazer dele uma alavanca para nosso sucesso profissional.

Nos dias atuais, é um profissional de destaque aquele que se planeja?

Mario Persona -
 Creio que sim, pois quem planeja sempre sabe utilizar melhor seus recursos ou correr atrás daqueles recursos que não possui, como cursos e especialização. O profissional que planeja sua carreira também tem um maior controle de seu futuro ou daquilo que pretende fazer, o que faz dele alguém mais firme e decidido em seus propósitos. O planejamento também evita vivermos dispersos e ocupados com aquilo que não traz qualquer proveito com a carreira. Assim como planejamos as tarefas do dia-a-dia e procuramos ter uma agenda, o mesmo devemos fazer com nossa carreira no curto e longo prazo.

Por onde começar na hora de planejar a carreira?

Mario Persona - 
Primeiro é preciso avaliar bem o que você tem e o que é capaz de conseguir. Isto é como medir os recursos que possui para construir uma casa. Algumas coisas você já tem, outras terá de adquirir, mas no planejamento já é possível dimensionar o que pretende no futuro. 

Embora seja permitido ousar, o planejamento deve ser feito com os pés no chão. Por exemplo, de nada adianta a garota planejar ser modelo se não tiver um corpo adequado para isso. Mas se ela tiver cérebro para estudar, aí suas possibilidades são ilimitadas. É bom que no planejamento o profissional pense também na vida útil da carreira que pretende planejar. Ainda que uma garota seja bonita o suficiente para ser modelo, sua carreira não durará mais do que alguns poucos anos e é preciso que seu planejamento de carreira inclua o que pretende fazer em seguida.

Um plano de carreira bem feito depende de quais fatores? Comprometimento?

Mario Persona -
 Certamente o comprometimento é importantíssimo, pois de nada adianta desenhar a planta se não existir iniciativa para assentar o primeiro tijolo. Mas eu creio que o fator mais importante no planejamento de qualquer carreira é a flexibilidade e humildade. Digo isto porque ninguém atinge o topo da carreira que planejou dando um salto, mas é preciso ser humilde e persistente para ir de degrau em degrau até chegar lá. 

Assim, alguém que pretenda ser dono de um restaurante talvez precise ter a humildade de aceitar empregos de lavador de pratos, auxiliar de cozinha ou garçom, antes de atingir sua meta. É comum acharmos que as pessoas de sucesso simplesmente nasceram assim ou deram um salto da base ao topo. Não é o caso. Mesmo os que nascem com todas as condições favoráveis podem ter uma carreira desastrosa. Mas o mais comum é que o sucesso tenha sido conseguido à custa de muito suor. Por isso o plano de carreira deve ser realista o suficiente para incluir não apenas as rosas, mas também os espinhos.

Existe "sorte" no que diz respeito à evolução da carreira profissional ou tudo depende da forma como se planejou?

Mario Persona -
 Creio que nem sempre é "sorte" o que consideramos como tal. Geralmente pessoas que achamos que tiveram sorte são pessoas que souberam aproveitar oportunidades. A mesma oportunidade pode aparecer para duas pessoas. Enquanto uma não consegue identificar nela uma oportunidade de avançar na carreira, outra a agarra com unhas e dentes e chega lá. Para ajudar na "sorte" o melhor mesmo é ficar atento às oportunidades.

Como uma pessoa de baixa renda pode fazer para planejar a carreira?

Mario Persona -
 Não é só a renda que define se uma carreira será vitoriosa. Acredito que o empenho é o principal elemento. Meu pai veio de uma família de agricultores de baixa renda, mas ele aproveitou todas as oportunidades que teve para estudar. Também se preparou intelectualmente, adquirindo o hábito de ler livros, e isso permitiu que tivesse uma cultura invejável. Quando saiu do interior para trabalhar em São Paulo precisava economizar para dar conta dos gastos com a pensão e ainda enviar dinheiro para os pais. Assim, quando sentia vontade de tomar um sorvete ele precisava sacrificar a passagem de ônibus e ir à pé para o trabalho.

Como o dinheiro também não era suficiente para comprar roupas quentes, que eram caras na época, ele costumava enrolar as pernas em folhas de jornal nas noites de inverno para se aquecer. Usando o exemplo de meu pai, eu diria que um bom plano deve incluir criatividade, humildade, economia e principalmente estudo, muito estudo e muita leitura. Além prever sacrifícios, sem os quais ninguém cresce na carreira.

Entrevista concedida ao Jornal do Trem em 29/03/2010 - (Não chegou a ser publicada por ter caído a pauta).

Entrevistas como esta costumam ser feitas para a elaboração de matérias, portanto nem tudo acaba sendo publicado. Eventualmente são aproveitadas apenas algumas frases a título de declarações do entrevistado. Para não perder o que eu disse na hora da entrevista, costumo gravar ou dar entrevistas por escrito. A íntegra do que foi falado você encontra aqui. Se achar que este texto pode ajudar alguém, use o formulário abaixo para compartilhar.

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Veja emwww.mariopersona.com.br

UM CONTADOR DE HISTÓRIAS

Com seu estilo inconfundível, o palestrante Mario Persona transforma grandes questões em conceitos simples e de fácil compreensão para qualquer audiência.

Um fino senso de humor e talento de cronista, aliados à experiência empresarial, lhe permitem extrair do banal o extraordinário e transformar "causos" corriqueiros em analogias perfeitas para a vida, carreira e negócios.

Para saber mais sobre o palestrante
clique aqui ou entre em contato para
receber uma proposta. Ou ligue para
(19) 99870-7899 / 99789-7939
contato@mariopersona.com.br

Laura Loft - Diário de uma recepcionista
Laura Loft
Diário de uma recepcionista
Marketing de Gente
Marketing
de Gente
Receitas de Grandes Negócios
Receitas de
Grandes Negócios
Gestão de Mudanças
Gestão de
Mudanças
Crônicas de uma Internet de verão
Crônicas de uma
Internet de verão
Marketing Tutti-Frutti
Marketing
Tutti-Frutti
Dia de Mudança
Dia de
Mudança
Crônicas para ler depois do fim do mundo
Crônicas para ler
depois do fim do mundo
Eu quero um refil!
Eu quero
um refil!
Meu carro sumiu!
Meu carro
Sumiu!
Moving ON
Moving
ON
Uma luta pela vida
Uma luta pela vida
Lia Persona Hadley
O Evangelho em 3 minutos - Mateus
O Evangelho em 3 minutos
Mateus
O Evangelho em 3 minutos - João
O Evangelho em 3 minutos
João
O que respondi - Vol. 1
O que respondi
Vol. 1
O que respondi - Vol. 2
O que respondi
Vol. 2
O que respondi - Vol. 3
O que respondi
Vol. 3
O que respondi - Vol. 4
O que respondi
Vol. 4
O que respondi - Vol. 5
O que respondi
Vol. 5
O que respondi - Vol. 6
O que respondi
Vol. 6
O que respondi - Vol. 7
O que respondi
Vol. 7
O que respondi - Vol. 8
O que respondi
Vol. 8
O que respondi - Vol. 9
O que respondi
Vol. 9
Você encontra os livros de Mario Persona também nestes endereços: