ENTREVISTA

Liderança

P - A exigência por profissionais multicompetentes é cada vez maior no mundo competitivo. Todas as pessoas podem ser tornam lideres e obter sucesso na carreira?

Mario Persona - 
Não creio, porque a liderança deixaria de ser liderança se todos se tornassem líderes. Há, porém, lideranças pontuais, em cada área, e neste sentido sim é possível trabalhar com espírito de líder. 

Mas mesmo assim não se trata de uma característica de todos, porque nem todos querem ser líderes. Há pessoas que preferem ser lideradas, ou por ainda não terem as habilidades e competências necessárias para uma função, o que é normal, ou por puro comodismo, o que não deveria ser visto como normal.

P - O profissional deve ter liderança, ou seja tentar extrair o melhor de cada um, e fazer o grupo atingir um nível de excelência que, sozinho, não atingiria?

Mario Persona -
 Na verdade todo grupo pode somar ou subtrair. Às vezes pessoas extremamente competentes e até capazes de liderar são apagadas quando fazem parte de uma equipe acomodada ou avessa às mudanças. Nem sempre o melhor contamina o pior, geralmente é o contrário que acontece. Portanto, não basta ser líder ou ser competente, é preciso que a equipe com a qual você irá trabalhar também tenha características favoráveis a isso. 

Veja do lado inverso: Hitler foi um grande líder do mal, mas só foi o que foi porque encontrou uma população e uma situação que eram propícias às suas idéias. Em outro país ou até mesmo na Alemanha, mas em outra ocasião, ninguém teria dado bola para ele. Transporte esse exemplo para um líder "do bem", e o funcionamento é o mesmo.

Deixando de olhar para o aspecto de equipe, que na maioria das vezes serve para potencializar as capacidades individuais e tornar o todo maior do que a soma das partes, que é o que chamamos de sinergia, há coisas que só são alcançadas individualmente. Os grandes músicos, pintores e boa parte dos inventores, se bem que em todos os casos eles utilizaram elementos criados por outros elementos ou equipes, ou jamais teriam chegado a realizar algo.

P - A flexibilidade e adaptalidade é cada vez mais preponderante para que se possa saber como usar o conhecimento de forma efetiva na organização de uma empresa?

Mario Persona - 
Sim, porque se não formos flexíveis jamais iremos aprender o que é novo, aceitar o que os outros sabem e que ainda não faz parte de nossa bagagem. Pessoas pouco flexíveis costumam ser orgulhosas, pois repelem idéias novas com medo de precisarem abrir mão das velhas. Ou então pelo simples fato de precisar mudar alguma coisa para se adaptar a uma nova situação. Pessoas que não sabem, perguntam e não se importa de serem ensinadas costumam crescer com maior rapidez.

P - Comunicação é uma regra fundamental para evitar mal-entendidos e insatisfação no ambiente de trabalho?

Mario Persona -
 Sim, porque tudo começa com a comunicação ou a falta dela, desde as guerras até as grandes idéias. O problema é que nem sempre o que dizemos é o que os outros entendem, porque a comunicação está bastante condicionada ao ambiente e à bagagem cultural do interlocutor. 

Os mal-entendidos surgem justamente por defeitos na comunicação, por interpretações baseadas em premissas culturais. Um adolescente que adore o seu chefe septuagenário pode se dar mal dizendo para o chefe, "você é animal, cara!" Por não entender a gíria do adolescente e o sentido "bacana", "legal", "extraordinário" que "animal" pode ter na sua cultura, o chefe irá demiti-lo.

P - A maturidade emocional, característica que, geralmente vem com a experiência e idade, deve ser adotada pelos profissionais para ponderar e conduzir a equipe a melhor solução dos problemas?

Mario Persona - 
Dificilmente se obtém maturidade a não ser com o tempo. Embora a gente encontre pessoas de mesma idade, porém com diferente grau de maturidade, é só a experiência que nos faz chegar lá. Não existe escola de maturidade e ninguém é diplomado porque o curso nunca acaba. 

Mas a maturidade, quando excessiva, pode levar à estagnação, porque quem apanhou muito da vida acaba se cercando de todas as garantias de que não voltará a apanhar. Aí a capacidade de correr riscos acaba ficando reduzida.

P - É importante enxergar além da própria mesa de trabalho, ou seja ter uma visão global?

Mario Persona - 
Esta é uma das principais característica do líder, senão a principal. Liderar é ir à frente, mas somente um louco vai à frente sem planejar ou ter uma visão de cima. Outra característica do líder é saber delegar, porque ele irá reconhecer que não tem todas as competências necessárias e deve ter olho e faro para identificar quem tem. Líderes que passam muito tempo operacionalizando passam pouco tempo liderando.

Entrevista concedida para o Jornal Carreira & Sucesso em 23/07/2008.

Entrevistas como esta costumam ser feitas para a elaboração de matérias, portanto nem tudo acaba sendo publicado. Eventualmente são aproveitadas apenas algumas frases a título de declarações do entrevistado. Para não perder o que eu disse na hora, costumo gravar ou dar entrevistas por escrito. A íntegra do que foi falado você encontra aqui. Se achar que este texto pode ajudar alguém, use o formulário abaixo para compartilhar.

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Veja emwww.mariopersona.com.br

UM CONTADOR DE HISTÓRIAS

Com seu estilo inconfundível, o palestrante Mario Persona transforma grandes questões em conceitos simples e de fácil compreensão para qualquer audiência.

Um fino senso de humor e talento de cronista, aliados à experiência empresarial, lhe permitem extrair do banal o extraordinário e transformar "causos" corriqueiros em analogias perfeitas para a vida, carreira e negócios.

Para saber mais sobre o palestrante
clique aqui ou entre em contato para
receber uma proposta. Ou ligue para
(19) 99870-7899 / 99789-7939
contato@mariopersona.com.br

Laura Loft - Diário de uma recepcionista
Laura Loft
Diário de uma recepcionista
Marketing de Gente
Marketing
de Gente
Receitas de Grandes Negócios
Receitas de
Grandes Negócios
Gestão de Mudanças
Gestão de
Mudanças
Crônicas de uma Internet de verão
Crônicas de uma
Internet de verão
Marketing Tutti-Frutti
Marketing
Tutti-Frutti
Dia de Mudança
Dia de
Mudança
Crônicas para ler depois do fim do mundo
Crônicas para ler
depois do fim do mundo
Eu quero um refil!
Eu quero
um refil!
Meu carro sumiu!
Meu carro
Sumiu!
Moving ON
Moving
ON
Uma luta pela vida
Uma luta pela vida
Lia Persona Hadley
O Evangelho em 3 minutos - Mateus
O Evangelho em 3 minutos
Mateus
O Evangelho em 3 minutos - João
O Evangelho em 3 minutos
João
O que respondi - Vol. 1
O que respondi
Vol. 1
O que respondi - Vol. 2
O que respondi
Vol. 2
O que respondi - Vol. 3
O que respondi
Vol. 3
O que respondi - Vol. 4
O que respondi
Vol. 4
O que respondi - Vol. 5
O que respondi
Vol. 5
O que respondi - Vol. 6
O que respondi
Vol. 6
O que respondi - Vol. 7
O que respondi
Vol. 7
O que respondi - Vol. 8
O que respondi
Vol. 8
O que respondi - Vol. 9
O que respondi
Vol. 9
Você encontra os livros de Mario Persona também nestes endereços: