Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Slow is beautiful"] [Página Inicial] [Próximo: "Parem as máquinas!"]

29/03/2009 A hora do Abreu
por Mario Persona

O tropel de trezentos cavalos ecoou pelo vale quando o pedal do acelerador sentiu o toque da espora do dono. O motor do SUV respondeu rápido e os enormes pneus obedeceram à tração nas quatro rodas, fazendo o veículo escoicear em meio a uma saraivada de pedras e barro. Pelo retrovisor já não era possível enxergar a trilha, oculta por uma cortina de fumaça.

Abreu precisava vencer logo aquele trecho antes de chegar ao asfalto. Tinha um compromisso consigo mesmo e com a sociedade. Não podia faltar. Como sempre fazia, abriu o vidro e atirou para o mato as garrafas de água vazias e o saco plástico com os restos de frutas e sanduíches naturais. Ele se preocupava com a saúde, mas só aos sábados, quando queria estar bem disposto para vencer as trilhas. No domingo ele saía da trilha e do sério, e caprichava no churrasco.

No caminho parou no açougue do amigo para abastecer de carne o seu freezer. O amigo reservava para ele a melhor picanha, diretamente de uma fazenda no Amazonas. Enquanto colocava os pacotes em tríplices sacolas plásticas para evitar que rasgassem, Abreu calculou se as cervejas que tinha em casa no congelador ao lado do freezer seriam suficientes. Achou que sim. Só precisava mesmo da carne e de dois sacos de carvão.

Em casa, os pneus deixaram um rastro de barro na calçada, na entrada e no piso da garagem, mas a faxineira cuidaria de passar um esguicho em tudo na segunda-feira. Antes disso Abreu já teria levado o carro para lavar. O pessoal do posto não reclamava de lavar na segunda o barro seco do sábado, pois Abreu sempre deixava uma gorjeta para compensar o dobro de esforço, água e xampu que seu carro exigia.

Antes de sair da garagem olhou de relance para o jet sky ao lado da moto de 800 cilindradas. Logo ele levaria seu novo brinquedo náutico para a casa de madeira que tinha na marina, onde também ficava sua lancha de 28 pés e dois motores diesel. Abreu olhou para o relógio e viu que ainda dava tempo de tomar uma sauna antes do banho. Foi só quando saiu do banho quente que percebeu que a casa estava fria. Com a mão enrugada regulou o ar condicionado central que mantinha sempre ligado. Caminhou para a sala e olhou outra vez para o relógio. Tinha chegado a hora.

Abreu acionou o interruptor e as trinta e oito lâmpadas incandescentes parcialmente embutidas no teto se apagaram. Em seguida desligou um a um cada abajur dos oito cantos de sua enorme sala. Por uma hora Abreu ficaria em estado de espera, igual aos doze leds coloridos dos aparelhos eletrônicos na estante.

Sentindo uma paz interior como há muito não sentia, Abreu foi até a janela e fechou as cortinas para evitar que as luzes da casa do vizinho estragassem a aura preservacionista que preenchia cada recôndito de sua alma. Se o vizinho não queria participar da "Hora do Planeta" o problema era dele. Cansado e com sono, Abreu desabou no sofá e sonhou que era Al Gore.

resenha resenhas resumo resumos livro livros crítica críticas opinião opiniões literatura literaturas comentário comentários

Hábitos de Consumo - Neale Martin

O comportamento do consumidor que a maioria dos profissionais de marketing ignora

Em Hábitos de Consumo, Neale Martin nos oferece o que parece ser uma simples observação: o comportamento humano é gerenciado em grande parte por um processo inconsciente. De forma impactante, Martin demonstra o seu ponto de vista e em seguida começa a questionar muito do que os profissionais de marketing sempre acreditaram que fossem verdades absolutas.
Esta é uma leitura que vale a pena e que tem profundas implicações no trabalho daqueles que constroem marcas e vendem produtos.

Principais Características:

- O livro coloca em discussão o que era tido como premissa na área de marketing, fornecendo elementos para uma quebra de paradigma.

Editora: Campus
Autor: NEALE MARTIN
ISBN: 9788535232912
Origem: Nacional
Ano: 2009
Edição: 1
Número de páginas: 208
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 1 Pessoa comentou. E você, qual é sua opinião?

Sr. Mário Persona
Boa noite.
Vivemos na era da informação ou da alienação.
As pessoas estão ávidas por informações, querem saber de tudo e sobre tudo,mesmo sabendo pouco sobre si mesmo, querem conhecer o mundo inteiro, mesmo sabendo muito pouco sobre seu próprio bairro,querem conhecer pessoas e mais pessoas,mesmo sabendo que sabe muito pouco sobre seus pais, amigos etc..etc...etc..o excesso de informações pode produzir seres alienados, fazer com que as pessoas percam o chão de sua realidade, "As pessoas estão indo não sei para onde, fugindo do não sei o quê" será que a busca desenfreada pelo conhecimento, digo a busca sem proposito,não é uma fuga dos problemas existenciais, revelando a incapacidade de lidar com eles?, será que isso não é o retrato de uma sociedade que desce ladeira abaixo na sua capacidade de interagir uns com os outros.

O bem mais precioso que alguém tem, chama-se tempo, mas tempo não pode ser dinheiro, apesar de saber, que ele seja moeda de troca,tempo é precioso e o que é precioso necessita ser útil ou perde a razão de ser, se não usarmos o nosso tempo de forma apropriada ele perderá sua utilidade.
amar é dar á alguém o bem mais precioso que se tem.

As pessoas precisam saber usar esta moeda de troca.
Tempo para Deus
Tempo para a familia
Tempo para os amigos
Tempo para o lazer
Tempo para se aperfeiçoar
Tempo para trabalhar

Digo tempo de qualidade.

Sr. Mário, gosto muito de suas palestras, sei que outras pessoas também gostam, por isso fale sobre isso, digo de uma busca equilibrada pela informação.

Enviado por João Araujo Magalhaes em 18/04/2009


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?