Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Três reais"] [Página Inicial] [Próximo: "Banana, menina, tem vitamina..."]

25/08/2007 As últimas e pequenas coisas
por Mario Persona

Li e reli a chamada na página de capa do site da MSN em português, cedinho de manhã. Queria ter certeza de que a notícia que aparecia na pequena caixa que vai alternando fotos e alertas dizia exatamente aquilo. Sim, dizia. Não era sono nem remela. Estava escrito sim.

Ao lado da foto de José Dirceu com o subtítulo "STF livra Dirceu, Delúbio, Genoino e Sílvio Pereira da primeira acusação", e sob as chamadas "Marcos Valério responderá por lavagem de dinheiro" e "Renúncia não encerra investigação contra Abreu", vinha em letras pequenas: "Pesquisador acha cidade submersa no Japão". E daí?

Daí que o redator trocou o "s" de "submersa" por "d" e aquela sutil mudança fez toda a diferença. Um "d" pequenininho, escondidinho, mas com uma mensagem enorme. O redator pode negar a intenção, mas captei seu protesto mudo, seu grito estrangulado, sua denúncia entalada na garganta. Qual? Oras, da vergonhosa poluição nos mares!

São as pequenas coisas que fazem toda a diferença, e observá-las abre um mundo de possibilidades. Durante anos trabalhei como negociador e aprendi um bocado sobre as nuances do comportamento humano, da linguagem corporal e das mensagens cifradas, conscientes ou não. Há quem diga até que escrevo assim, em código.

Se ainda não acredita que são as pequenas coisas que causam maior impacto, experimente dormir com aquele pernilongo dentro da barraca. Ou envie para a namorada uma coroa de flores imensa, com suporte e tudo, e uma faixa de letras douradas dizendo "Te amarei eternamente". Na próxima você vai querer enviar um singelo botão. Na próxima namorada.

Nos treinamentos de vendas sugiro que os vendedores não dêem brindes aos clientes. Por que? Oras, qualquer pessoa inteligente sabe que o brinde leva a mensagem "Ei, cara, faz aí uma propaganda de minha empresa, ok?". O brinde pode até ser caro, mas se traz a marca estampada não é sutil.

Quando presentear seja sutil, criativo. Como? Sabe aquela viagem que você fez ao nordeste? Pois é, lembra do lápis que viu na barraca de artesanato com a palavra "Maceió" esculpida em cores vibrantes? Compre trinta deles e quando visitar um cliente, crie um momento memorável. Algo do tipo "Estive em Maceió e lembrei-me de você". Não se esqueça de dar o lápis. Um só, não os trinta.

Ele nunca vai se esquecer de você, de sua marca e de seu produto. Vai contar para a esposa e ainda guardará o lápis de recordação. Tudo por apenas R$ 1,99. Se há riscos? Há. Da próxima vez que você for a Salvador ele pode pedir que traga uma carranca de vinte e cinco quilos.

Nos últimos dias tenho mandado e-mails convidando pessoas para a noite de autógrafos de meu sexto livro, "Dia de Mudança", na Livraria da Vila, nos Jardins, em São Paulo. A editora criou um convite bonito, com imagem da capa e tudo mais, mas decidi não enviá-lo por e-mail. Detesto receber e-mails com imagens e anexos enormes, e alguém deve detestar também.

Ao invés disso, enviei um e-mail pequeno, simples, de texto, só para quem mora em São Paulo, é meu cliente ou algum dia solicitou uma proposta de serviços. Acha pouco? Acha pequeno? Não é. Lembre-se de que as menores coisas, as mais simples, as que aparecem por último, podem fazer toda a diferença. No texto coloquei uma pitada de bom humor, minha marca registrada. Quem disse isso? Eu não.

Foi o leitor de uma revista que publica minhas crônicas, cujo e-mail a editora me enviou. Pelo jeito ele gosta de ler revistas de trás para frente, como eu. Sim, é lá que sai minha crônica, na última página, a de menor importância, a mais escondida, o último assento da festa do peão. Veja o que ele escreveu:

"O que me traz também a elogiar a revista é a seção da crônica do excelente Mario Persona, pessoa com ótimo humor e de muita inspiração. Pra falar a verdade, é a primeira coisa que leio na revista".

Viu? Gostei tanto que deixei para o final.



POSFÁCIO

Fui obrigado a enviar outra vez esta para os assinantes de meu boletim por e-mail porque cometi o mesmo erro do redator do qual falei em minha crônica. Uma letrinha trocada. Só descobri quando estava gravando a crônica para a Rádio Barbante. Sim, você pode me ouvir na coluna da direita deste blog ou neste link.

Agora é oficial: Você está convidado para a noite de autógrafos de meu novo livro "Dia de Mudança". Se estiver em Sampa, evidentemente, no dia 4 de setembro de 2007 às 19:00 horas. Endereço? Livraria da Vila à Alameda Lorena, 1731 nos Jardins.

O que você ganha com isso? Bem, meu autógrafo deve valer alguma coisa daqui a trezentos anos). Não precisa levar caneta. Ouvi dizer que se meu livro vender bem ele vai para a lista dos best-sellers! Já pensou, ter um amigo best-seller? Uau! Participe da campanha "Vamos fazer do Persona um best-seller"! rssss

Bem, depois que descobri que as livrarias estão colocando meu livro na seção de auto-ajuda (nossa! é um livro sobre carreira!!), tudo pode acontecer... Seção de auto-ajuda é aquela que você pergunta ao funcionário da livraria onde é e ele nunca ajuda você a encontrar. Você que se ajude...

resenha resenhas resumo resumos livro livros crítica críticas opinião opiniões literatura literaturas comentário comentários

Dia de Mudança
MARIO PERSONA

Especialista em bom-humor, palestrante dá dicas de empreendedorismo, marketing pessoal, networking, criatividade e comunicação. Você se sente assustado com a velocidade das mudanças? Já teve a sensação de que precisará correr muito para acompanhar tudo isso ou já se perguntou "como vou fazer para acompanhar tudo isso?". Se estas questões nunca lhe importunaram, ACORDE. Neste livro, Mário Persona vai desperta-lo para a necessidade de perceber e se adaptar às diversas mudanças que acontecem a cada minuto em sua vida pessoa e profissional. Em Dia de mudança, o autor apresenta grandes sacadas de marketing, carreira e cultura de negócios, além de apontar um novo endereço para quem está disposto a mudar sua maneira de enxergar o mercado e o sucesso profissional.

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 2 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

É um grande prazer estar publicando um comentário no seu blog..Mudando de assunto quero te pedir um conselho..não um conselho como o do Asdrubal querendo arrumar um emprego que graças a Deus eu tenho.

Eu tenho 19 ano, sou instrutor de informatica ,iniciante, dou aula pra várias pessoas.

Gostaria de saber o que devo fazer para melhorar minha imagem e transmitir uma impressão e aparência profissional bem vista e adimirada tanto para com os alunos e colegas de trabalho..

Desde assim obrigado.!

Enviado por kleber em 24/10/2007


Por favor existe alguma palestra em específico para o ramo automotivo? Obrigado!

Enviado por Fabio em 12/09/2007


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?