Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Criatividade genérica"] [Página Inicial] [Próximo: "O sabor de uma paixão"]

05/02/2007 Encontro inesquecível
por Mario Persona

De repente o aquecimento global esquentou a cabeça dos donos do dinheiro. Ou deu um frio no estômago. Se até ontem a preocupação estava restrita à audiência do Animal Planet, preocupada que pudessem faltar focas para as baleias assassinas comerem na TV, hoje são os empresários que se preocupam. As focas continuam não ligando a mínima para nossa saúde.

Até outro dia o único derretimento de gelo que preocupava os investidores era o do copo. Agora perceberam que vai desaparecer também o uísque, se a coisa continuar esquentando. Com todo mundo preocupado com produtos "verdes", o negócio do momento é investir em ações de empresas de energia renovável, material reciclado e pizza de rúcula. Antes que o Donald Trump decida construir um balneário tropical na costa da Groenlândia.

Até o pessoal da Fórmula 1 entrou na onda do "verde", mas a Ferrari ainda está relutante. Ouvi dizer que as equipes já plantam árvores para compensar as emissões de gás carbônico das corridas. Deve ser em projetos de reflorestamento, porque nas pistas eu não vi. O próximo passo será desenvolver carros usando energia renovável, sem ter ficado claro o que pretendem usar como propulsão. Não vou me espantar se Lance Armstrong, o campeão de ciclismo do Tour de France, virar piloto da nova geração de carros da F1.

O verdadeiro dominó do prejuízo da indústria começará quando pipocarem os boicotes contra produtos ecologicamente inadequados ou de empresas que poluem. Prepare-se para receber e-mails com listas denunciando essas empresas, como já fizeram com as que utilizavam mão-de-obra infantil, peles naturais e minhocas para fazer hambúrgueres. Algumas não passavam de lenda, mas muita gente pediu sanduba de frango no dia seguinte, só para garantir.

Hoje qualquer cidadão comum pode causar um grande estrago na vidraça dessas empresas. Vi um cartoon onde um garoto, diante de uma vidraça quebrada por sua bola de beisebol, ameaça o pai:

"Que tal retirar o que disse? Fique sabendo que eu já tenho meu próprio blog.

Blogging Blackmail

A China, musa cantada em verso e prosa pela indústria do mundo todo, é uma que pode acabar tendo de segurar o rojão que inventou. Ações de empresas amarelas podem despencar no mundo todo e o que vai ter de chinês dizendo, "Ih! Suzô!", não está no gibi. O país ocupa hoje o segundo lugar no prêmio "Cascão do Mundo", com os EUA em primeiro e tentando reduzir sua emissão de CO2 enviando parte da população para o Iraque.

E ainda tem gente que inveja... Será que avisaram os países do bloco "Quero Ser a China" que aquele é um regime autoritário? De que adianta ter tanto celular se as pessoas não podem falar? Quando os produtos chineses começarem a cair nos filtros de adequação ambiental instalados por um mercado consciente -- e não por um organismo qualquer da ONU -- aí é que a cobra vai fumar... Ok, dadas as circunstâncias, a expressão foi infeliz.

Até os EUA já perceberam que a estratégia de mandar suas fábricas para o quintal do terceiro mundo não vai garantir a limpeza do seu. Os detectores da costa oeste dos EUA já começam a sentir o cheiro dos gases que os chineses soltam lá do outro lado do elevador no qual o mundo inteiro está descendo.

Antes de boicotar produtos poluentes da China eu boicotaria os que poluem minha rua de madrugada. Começaria pela poluição sonora. Antes eram só os alarmes de carros que disparavam até quando uma sombra pousava sobre a capota. Agora preciso fechar as janelas para conseguir dormir, tamanho o som que garotos noctívagos instalam nas caçambas de suas camionetes ou porta-malas de carros vítimas de tunning. É por isso que meu primeiro boicote vai para alarmes, camionetes, caçambas, porta-malas, equipamentos de som e garotos noctívagos. Nossa, agora radicalizei! Deve ser o sono...

Não sei o que passa pela cabeça deles, ou o que não passa. Um amigo -- não o Freud -- costumava dizer que é um problema anatômico. Para compensar e exibir virilidade, eles adquirem potência em watts. Não concordo com meu amigo. Acho até que os meninos tenham boa intenção. Só querem provar que não são de todo inúteis oferecendo, como contribuição à sociedade, suas serestas high-tech.

Outro boicote que eu faria não tem nada a ver com poluição, mas com minha canela. Sou daqueles que têm canelas finas, revestidas por uma camada de pele medida em mícrons. A única coisa que separa a pele do osso são milhões de terminações nervosas que transformam minhas canelas em um instrumento mais poderoso que o telescópio Hubble. Com elas sou capaz de ver mais estrelas a um custo muito menor. A NASA deve me procurar em breve para uma parceria.

Uma das maiores constelações eu vi graças ao dono de um carro que não tinha dinheiro para comprar a lancha e comprou só o engate. Daí meu boicote aos engates sem lancha. Quando atravessava uma rua, tentando fugir de um carro que avançava, enfiei-me pela fresta entre dois carros estacionados. De repente, toda a extensão da Via Láctea surgiu diante de meus olhos.

Daquele êxtase causado pelo encontro inesquecível de minha canela com o engate, eu só me lembro da enfermeira, no pronto-socorro, tentando convencer a pele a voltar atrás da idéia de se divorciar do osso.

resenha resenhas resumo resumos livro livros crítica críticas opinião opiniões literatura literaturas comentário comentários

Uma Verdade Inconveniente
AL GORE

O novo livro do ex-vice-presidente americano Al Gore, Uma Verdade Inconveniente: o que Devemos Saber (e Fazer) Sobre o Aquecimento Global, faz parte de seu projeto de conscientização ambiental, que inclui palestras ao redor do mundo, em que são apresentados dados incontestáveis sobre a crise climática provocada pela ação do homem no planeta, além do documentário Uma Verdade Inconveniente - Um aviso global, de grande repercussão nos EUA e no mundo político.
A obra apresenta, de forma didática e envolvente, o resultado de toda uma vida dedicada à questão ambiental, cada vez mais inadiável. Com base em pesquisas realizadas por especialistas e instituições de renome, e compilando dados e exemplos no mundo inteiro, Al Gore produz uma obra eficaz de alerta sobre o aquecimento global. Narra também parte de sua trajetória de vida, focando os pontos-chave que o fizeram voltar a atenção para o ambiente. Uma Verdade Inconveniente esteve presente na lista de best-sellers dos EUA e venceu o Quills 2006, prêmio literário apoiado pela Reed Business Information e pela NBC, na categoria Histórias, Atualidades e Política.

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 5 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

Concordo c/ vc,acho que vc tem que dar sua fatia do blo......

Enviado por maria de louca em 09/03/2007


Vc precisa passar no BOB – BRASIL BUSINESS OPPORTUNITIES

Venha fazer parte da primeira página dos blogueiros(as) brasileiros e espalhe a novidade, já tem bastante gente por lá ;)

bj$$$

Cris Zimermann
Business Opportunities Brasil
Franchise Business Opportunities
Virtual Entrepreneur

Enviado por Cris Zimermann em 22/02/2007


Concordo c/ vc sobre essa preocupação repentina e desesperada do "pessoal da grana".
É fato que as pessoa só tomam uma atitude quando dói no bolso, ou quando é a própria vida que está em jogo. rsrs

Enviado por Daniela Reinaldo de Carvalho em 13/02/2007


Começa a mexer no bolso e o planeta esquenta.

Enviado por Graziela em 08/02/2007


Mario, gostaria de te parabenisar pela otima cronica,adorei!.
Tenho 16 anos e sou de mogi das cruzes e leio quase todas aulas de lingua portuguesa suas cronicas...
os alunos e os professores se divertem muito.Parabens e ate mais!
= )

Enviado por Linlcon em 05/02/2007


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?