Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Surto de nostalgia"] [Página Inicial] [Próximo: "Plano "B""]

03/07/2006 Quinze dias de fama
por Mario Persona

No dia 16 de junho de 2006, às 8:14 da manhã, uma garota de vinte e poucos anos enviou um vídeo para o YouTube.com. O videoclip "Say it's possible" foi gravado no quarto de seu apartamento alugado em Hollywood, usando uma câmera portátil, um computador e um violão. E voz, muita voz.

"And though they say it's possible to me
I don't see how it's probable, I see..."
[veja/ouça aqui]

Quem escuta o nome da cantora -- Terra Naomi -- acha que ela tem os pés no chão, mas quem a vê cantando acredita que está viajando. "Apesar de dizerem ser possível para mim, não acho que seja provável...", diz a letra de sua autoria.

Hmmmm... Eu acho provável que logo seu nome apareça bem mais, fora do atual circuito de bares e pequenos shows onde atua. Sua iniciativa de cantar de graça no YouTube, que também hospeda os vídeos de minha TV Barbante, pode render o suficiente para ela mudar-se para um apartamento onde a lavanderia funcione.

Pelo menos foi o que mencionou em um vídeo no qual o telefone toca bem no meio da gravação. Era o senhorio cobrando o aluguel, que ela se propõe a pagar quando ele consertar a máquina de lavar. No YouTube a roupa suja é lavada em casa com audiência em pó nos quatro cantos do mundo.

Enquanto escrevo, "Say it's possible" já foi visto e ouvido quase meio milhão de vezes em pouco mais de 15 dias. Deixou para trás o recorde que Andy Wharhol previu em 1968 e confirmou em 1979: "...a previsão que fiz nos anos sessenta finalmente aconteceu: No futuro todo mundo terá seus quinze minutos de fama".

Sem estúdio, gravadora ou CD, milhares de pessoas não apenas ficaram fãs de Terra Naomi, mas se empenharam em divulgar o trabalho da cantora gerando um efeito curioso: ela ganhou mais de uma dezena de "covers" , antigamente um privilégio apenas de grandes cantores e bandas. Àquilo que no passado seria considerado uma onda de plágio, Terra respondeu agradecendo e gravando um vídeo ensinando como tocar sua música no violão.

Nada será como antes nesse mundo interativo e a rede norte-americana NBC sabe disso. Acaba de assinar um contrato com o YouTube para passar seus programas legalmente ali, em meio a milhares de vídeos caseiros como os meus, de Terra Naomi e da dupla Tasha e Dischka.

Quem? As jovens israelenses que dançam fazendo caras e bocas na dublagem "Hey clip", com o subtítulo "Heya all! dancing stupid is fun!", vista por quase 7 milhões de pessoas. O estúdio? Seu próprio quarto. O efeito? Meia dúzia de programas de entrevistas na TV israelense.

Uma fama assim pode ser passageira ou o pontapé inicial de uma carreira de muitos gols. A vantagem é que, no mundo da informalidade, não existe uma expectativa prévia, as pessoas não se preocupam com o ridículo e qualquer expressão de talento é bem-vinda. Mas o inverso também pode acontecer graças ao poder de broadcasting que agora o cidadão comum tem nas mãos. Quem hoje tem poder para promover um nome também tem poder para destruí-lo.

Tome, por exemplo, uma marca de grande expectativa: "Brasil". Se o mundo inteiro achar que "Brasil" é a melhor marca do mundo em, digamos, "futebol", ocorre um efeito interessante. A imagem, suas expectativas e impressões acabam sendo passadas também para outros produtos que trazem a mesma marca, como cultura, lazer, indústria, tecnologia e até política.

Isto costuma acontecer em marketing. A excelência de uma grande marca em um produto acaba sendo estendida aos outros produtos da mesma marca. Você compra lançamentos daquelas que ocupam o ranking das maiores do mundo, como Coca-Cola, Microsoft, IBM, GE ou Intel, porque na sua percepção a mesma excelência será encontrada em todos os produtos da marca.

Agora, digamos que a grande marca pise literalmente na bola? Será que tudo o que traz a mesma marca será prejudicado?

"And though they say it's possible to me
I don't see how it's probable, I see..."

Em sua canção, Terra Naomi diz que é possível, mas não provável. E você, o que diz?

[>> Envie a um amigo >>]

Use o formulário abaixo para comentar.

resenha resenhas resumo resumos livro livros crítica críticas opinião opiniões literatura literaturas comentário comentários

Blog Corporativo
FABIO CIPRIANI

Vivemos em uma nova era. Uma nova era em que o mercado e as pessoas passaram a gostar de interagir, opinar, participar e ajudar. Uma nova era de constante formação de opinião, reforçada pelo lançamento de websites que potencializam ainda mais a voz das pessoas. A era dos Blogs. Nessa nova era, onde se situará a sua empresa ou seus negócios? No grupo das que blogam ou no grupo das que ignoram a blogosfera?

O livro explora os ganhos e as armadilhas que o uso de blogs para comunicação interna ou com clientes traz para empresas e negócios. Esta obra discute também como os blogs já existentes podem servir como base para os planejamentos estratégicos de produtos e serviços. O principal objetivo deste livro é ser um guia prático para orientar empresários e gestores de pequenas, médias ou grandes empresas na maneira de planejar e introduzir o uso de blogs na companhia, ativa ou passivamente, com o intuito de aumentar e fortalecer o relacionamento com seus clientes.

. "Faça barulho" na internet e aumente o valor da sua marca
. Melhore a comunicação interna da sua companhia e otimize os processos
. Aproxime-se mais dos clientes e entenda os pontos de vista deles
. Enriqueça o conhecimento de seus clientes mostrando-se especialista
. Colha opiniões e teste novas idéias de produtos ou serviços
. Insira a sua empresa no mercado global
. Seja transparente e bem valorizado pelo mercado e a imprensa


E a gorjeta, doutor?


Respostas: 7 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

eu quero a letra dessa musica!!! isso é muito interessante.

Enviado por max peyne em 16/08/2006


>>>> MARIO PERSONA RESPONDE PARA GUTO: É verdade, as coisas estão se invertendo. O blog do Noblat e o Kibeloco são outros dois exemplos que começaram na Web e foram para a TV.

Enviado por MARIO PERSONA em 26/07/2006


as oportunidades surgem para todos so resta mostra que somos capazes ,procedendo da maneira mas correta

Enviado por jardenia pontes em 26/07/2006


Acho fantástico a possibilidade de artistas como Terra Naomia terem esse espaço e visibilidade que temos hoje. Alguns anos atrás isso era impossível!
É, a internet é capaz de coisas incríveis =)
O mesmo efeito (não no youtube) aconteceu com a banda Arctic Monkeys. Fizeram o caminho inverso...da internet pra MTV e não da MTV pra internet. Hum, interessante =)

Enviado por Guto em 25/07/2006


Isso mostra que as pessoas do mundo inteiro não preciso mendigar a sua vida, todos são capazes de alcança o topo da fama, não importa a sua idade, nacionalidade ou os seus problemas, e esse "vídeo e fantástico".

Enviado por Adriano Santos Queiroz em 17/07/2006


Sr.
Mario Persona

lamentablemente no escribo en portugués
Pero debo felicitarlo e invitarlo
para lograr que usted sea conocido por los uruguayos.
Seria un enorme aporte a todos los empresarios.
Sea Feliz
Respetuosamente
Carlo Casciotti

Enviado por CARLO CASCIOTTI em 05/07/2006


Sim, é muito bom esse vídeo!

http://www.comissionado.net/

Enviado por Felipe Martins em 04/07/2006


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?