Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "O que é liderança?"] [Página Inicial] [Próximo: "Sola Pizza"]

14/07/2005 É mito ou minto?
por Mario Persona

É mito ou minto?

:doze: Acordei perplexo. O noticiário foi monopolizado por imagens da Daslu, a loja mais cara do país, e sua proprietária presa por suspeita de sonegação. Na CNN, Bernard Ebbers, ex-CEO da WorldCom saía do julgamento para cumprir 25 anos de cadeia por fraude. O mundo corporativo era o sangue da vez.

Nos canais de deputados e senadores, o reality-show das CPIs exibia políticos e empresários suspeitos de corrupção. Dirigentes de partidos, ministros e diretores de estatais caem como um castelo de cartas marcadas. A bruxa voa solta de vassoura na mão varrendo companheiros para debaixo do tapete.

Enquanto isso pesquisas de opinião mostram um presidente incólume, como se nada tivesse acontecido. Enquanto isso, um bispo evangélico, detido ao embarcar num jato executivo com malas de dinheiro, vê sua organização continuar crescendo como se nada tivesse acontecido. Dá para entender? Dá.

O marketing estuda a essência do comportamento humano, as necessidades, desejos e expectativas de pessoas que funcionam à base de combustíveis tangíveis, mas também de intangíveis, como estima e auto-realização. Já viu automóvel Flex-Fuel? Somos assim. E em nosso tanque cerebral há lugar para um aditivo poderoso: o mito.

A imprensa intelectual pode denunciar os companheiros satélites do presidente, a sociedade pode execrá-los. O presidente fica incólume porque é um mito. Seus correligionários são ridicularizados por um pingo de dinheiro na cueca, mas o presidente pode tomar banho de chuveiro em seu jato, vestir Armani ou beber Romanée Conti que será aplaudido.

Não é uma questão de certo ou errado, é uma questão de mito; de ser o retirante que virou presidente com todas as mordomias que acompanham o sonho, não importa o preço. Mito barato não é mito. As pessoas continuarão comprando Daslu e semelhantes por dez vezes o preço da esquina. O mito não deixa barato.

Mito é o inacessível que todos querem ser ou ter. Sua força não está numa ascensão lógica, mas na ausência de uma explicação para ter chegado lá; está numa conjunção de fatores mágicos. Toda Argentina tem sua Evita, toda Inglaterra tem sua Diana. Do nada para o tudo.

Assim é Luke Skywalker, adorado mesmo sendo filho de Dart Vader. Assim é Frodo, pequeno, pobre e frágil, conquistando poder e glória sem medida. Assim são as novelas da Cinderela pobre que encontra o príncipe e são felizes para sempre no luxo e opulência. Ou você acredita que um presidente que virasse operário seria admirado?

É a mente humana. O sucesso que pode ser explicado pela lógica não atrai. Gibis de super-heróis nasceram na grande depressão norte-americana. Não eram heróis porque trabalharam, empreenderam, fizeram academia para desenvolver o físico. Aconteceu uma mágica e... "Shazam!", saíram voando.

O mecanismo é o mesmo do bispo com as malas de dinheiro. Propaganda negativa para sua igreja? Não, propaganda positiva. Uma organização que atrai pessoas menos interessadas na salvação de suas almas do que na salvação de suas finanças jamais seguiriam pastores pobres que viajassem de ônibus com moedas no bolso.

O mito precisa mostrar a opulência que seus seguidores sonham um dia experimentar. Quem sonha em viajar de jato executivo com malas de dinheiro vai admirar quem viaja assim. A imprensa e seus intelectuais podem espernear tomando chopp no boteco ao lado do teatro de papo-cabeça, mas mito é assim.

Mas então por que o povo baba quando vê um milionário ou empresário condenado? Porque não encarceraram um mito. Empresários não ascendem por mágica. Só admira empresário quem não se enxerga muito longe de lá. Quem se vê a anos luz do sucesso, só admira quem chega lá tomando "Shazam!", por um desígnio dos deuses, um oráculo do Olimpo. Não por empreender, mas por "Um Dia de Princesa" de programa de TV.

Se os faraós não fossem mágicos e não gastassem pirâmides de dinheiro, não seriam venerados pela plebe. Sim, eu sei que estamos na semana da queda da Bastilha e da monarquia francesa. Mas aquilo foi um mero intervalo para os comerciais. Quando um mito cai, outro ocupa seu lugar. Veja o que li num site de história:

"Entre 1799 e 1815, a política européia está centrada na figura carismática de Napoleão Bonaparte, que de general vitorioso se torna imperador da França, com o mesmo poder absoluto da realeza que a Revolução Francesa derrubara."

Como diria o carnavalesco Joãozinho Trinta: "Pobre gosta de luxo; quem gosta de pobreza é intelectual". [>> Envie a um amigo >>]

Use o formulário abaixo para comentar.



Quando escrevi sobre Robert Jefferson, recebi e-mails indignados achando que eu estaria dando meu aval aos atos do deputado. Porém, o ponto eram as técnicas de comunicação. Agora recebi um e-mail de um fiel indignado achando que critiquei a Igreja Universal. Não foi a intenção. Meu tema está muito acima disso: é o mito e como funciona na mente das pessoas. Para deixar mais claro ainda, minha posição é:

Igreja Universal: Sou cristão, leio a Bíblia e pessoalmente não concordo com a doutrina e os métodos da organização. Todavia, a cena do bispo com malas de dinheiro está perfeitamente coerente com a propaganda passada pela organização de que ali há prosperidade. Não há nada de ilegal em carregar malas de dinheiro ou em contribuir para engordar essas malas. Quem quiser acreditar que tal organização seja capaz de oferecer prosperidade irá contribuir porque acredita nisso. Um vende prosperidade, outro compra prosperidade. Como se diz em inglês, "Birds of a feather flock together." O texto não é uma crítica, mas uma análise de como funciona essa relação.

Presidente Lula: O texto não tece críticas ao presidente, porém mostra o homem como um ícone, um mito respeitado em todo o mundo pelo que representa: a ascensão da class operária ao topo da cadeia de comando, representando a meta de sucesso de todo cidadão que não teve oportunidades de subir por meio do estudo e do trabalho convencional. Obviamente, com todas as mordomias que fazem jus à posição. Mais uma vez, o texto não tenta analisar a questão política, mas o significado do mito e do que desperta na mente das pessoas.

Daslu: A marca é o mito aqui, mas a empresária não, pois não representa a ascensão mágica inerente ao mito. A ascensão por meio de empreendedorismo só é inspiradora para aqueles que têm meios de empreender. Para quem está muito distante, não é uma inspiração, mas uma afronta. Por isso as massas adoram ver empresários ricos presos. Se a empresa deve ou não ao fisco, não é o assunto de meu texto. Particularmente considero burrice as críticas de alguns comentaristas aos gastos dos milionários. Dinheiro é para ser gasto e se os milionários não gastarem é pior. Não haverá geração de empregos. Quem pode comprar uma calça por dez reais, que compre. Quem puder pagar dez mil, que pague. Dinheiro é feito para circular. Uma anedota mostra bem a bobagem cultural que impregna alguns brasileiros em sua crítica aos que gastam (porque podem gastar):

Um americano e um brasileiro, ambos pobres, vêem passar um milionário em seu carro de luxo. O americano diz: "Um dia quero ser como ele!". O brasileiro diz: "Um dia quero que ele seja como nós!"

resenha resenhas resumo resumos livro livros crítica críticas opinião opiniões literatura literaturas comentário comentários

Marketing Básico
RICHARD L. SANDHUSEN

Completamente reformulado, ampliado e revisado, Marketing Básico traz duas novas seções, "Foco no Mercado" e "Enfoque Global", que integram e ilustram os conceitos dos capítulos em contextos da vida real, com exemplos de grandes empresas, como Rede Globo, Azaléia, dentre outras. Os capítulos de Marketing Básico, começam com os "Termos-chave", trazendo um resumo dos conceitos fundamentais de cada capítulo. A seção "Lembre-se" retoma, ao longo do estudo, tópicos essenciais a serem fixados. E, no "Conheça os conceitos", encontram-se exercícios para aplicação do aprendizado. Já na sua segunda edição no Brasil, a obra está plenamente em consonância com a prática, a realidade e a legislação brasileira.

Sobre o autor: Richard L. Sandhusen - Professor da Rutgers University e da Ryders University e consultor da AT&T,Deloitte Touche, General Electric,Peat-Marwick e Colgate-Palmolive.

Sumário:

CAPÍTULO 1 | O processo de marketing: conceitos básicos
CAPÍTULO 2 | O mercado global: forças e oportunidades
CAPÍTULO 3 | Administração e plano estratégico de marketing
CAPÍTULO 4 | O Ambiente de Marketing
CAPÍTULO 5 | O ambiente internacional de marketing
CAPÍTULO 6 | Sistemas de marketing
CAPÍTULO 7 | Sistemas de informação de marketing e pesquisa de marketing
CAPÍTULO 8 | Pesquisa de marketing: ferramentas e técnicas
CAPÍTULO 9 | Comportamento do consumidor
CAPÍTULO10 | Mercados organizacionais e comportamento de compras
CAPÍTULO 11 | Segmentação de mercado, direcionamento e estratégias de posicionamento
CAPÍTULO 12 | Medindo o potencial de mercado e de vendas
CAPÍTULO 13 | Planejamento do produto i: estratégias de crescimento do produto/mercado
CAPÍTULO 14 | Planejamento do produto ii: estratégias de projeto e desenvolvimento do produto
CAPÍTULO 15 | Estabelecendo objetivos e políticas de preços
CAPÍTULO 16 | Formulando estratégias e táticas de preços

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 21 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

Perfeito !
Este texto pode ser aproveitado assim:
Convocamos o Sr. Cid Moreira para que, em nome da Nação Brasileira, marre este maravilhoso texto em horário nobre nas rádios, todos os dias, e também pela televisão, ocupando horários de todos os programas dispensáveis das pobres e medíocres redes de televisão brasileira e aí iniciamos uma campanha do nascer de um novo Brasil. (Aliás, aquele movimento a favor da democracia em nosso País já começou ? Ou melhor, a ditadura já acabou ?)

Enviado por Enrico Hyppolito em 06/08/2009


Aprecio as crônicas de Mario Persona e sinto-me a vontade para comentar fazendo esta reparação:

Nem todos os que ofertam e dizimam na Igreja Universal o fazem em busca de prosperidade: o fazem por preceitos bíblicos e para ajudar a obra.

Com relação a referida apreensão das ofertas (na época o deputado em foco era presidente da IURD) e apenas pegou carona no vôo para São Paulo.

É comum a IURD transporter valores das campanhas em vôos próprios, já que há dificuldades burocráticas, preconceitos e má vontade nas agências bancárias.

Dias antes do fato ocorrido no aeroporto de Brasília, o mesmo ocorreu em BH. Um falso telefonema para a PF fez com que ela se deslocasse para apurar.

O delegado mineiro não encontrou nada de mais na operação de transportes das ofertas em avião fretado. Deu o caso encerrado como falsa denúncia.

Dias depois em Brasília a mesma denúncia. Interessante que a reportagem da Globo chegou primeiro que a PF.

Como havia um deputado, licenciado pastor, a coisa tomou rumo político.

A doutrina na IURD é baseada unicamente na Bíblia e somente frequentando a mesma por algum tempo a pessoa inteligente entenderá que não é possível julgar a Universal olhando do lado de fora, lendo comentários tendenciosos na mídia, montagens eletrônicas e calúnias daqueles que sempre invejam tudo aquilo que esteja relacionado a prosperidade nas pessoas e nas instituições, apesar de que na IURD os pastores, servindo 24 horas por dia, 7 dias da semana, inclusive feriados, sem férias, recebem módica ajuda de custa para vestuário, transportes e alimentação, não possuem bens móveis e nem imóveis e sua prosperidade pessoal é baseada em ganhar almas para o Reino de Deus.

Quanto aos membros, sim, eles são aconselhadas a buscar a Salvação e uma vida com Abundância (nas áreas: financeira, sentimental, familiar, sáude e, sobretudo Espiritual) para não dar péssimo testemunho e assim ver cumpridas as Promessas Bíblicas em suas vidas.

Enviado por Jose Oliveira em 29/03/2009


É UMA VERGONHA!
É vergonhoso; estamos indignados com aplicação de critérios distintos no âmbito do MINISTÉRIO DA JUSTIÇA; e o COMANDO DA AERONÁUTICA (COMAER), por ser duas instituições governamentais que estão desrespeitando a Lei de Anistia Política 10.559 de 13 de Novembro de 2002, e não existir nenhum órgão fiscalizador dentro da esfera administrativa, que possa investigar tais irregularidades, e com isto vem demonstrando uma flagrante falta de obediência as Leis e pisoteando a Constituição de 1988, RELEMBRANDO UMA VEZ MAIS A MEDIOCRIDADE E AS AGRURAS DO PERÍODO DE “EXCEÇÃO” INFELIZMENTE OCORRIDO NO PAÍS.
O GOVERNO precisa entender que ANISTIA é medida de interesse público, inspirada na necessidade da paz social.
Enquanto não ocorrer a PLENA ANISTIA, enquanto não se cumprirem às NORMAS a ela pertinentes, o Brasil prosseguirá em triste trajetória de País envergonhado. E o pior quem estar freando os direitos dos idosos Ex Cabos da FAB, também são autoridades Governamentais que estão com idades avançadas e com pouco tempo de vida, se referindo ao Presidente Lula, o Comandante da Aeronáutica e o Ministro da Justiça que tem idades superiores a 60 anos, e mesmo sabendo que poderão viver 5 ou 10 anos chegando ao fim da estrada, ainda carregam ódio e sede de vingança de pessoas velhas e indefesas, a exemplo dos Ex Cabos da FAB. Que fraqueza de espíritos destas três autoridades, daqui a 5 ou 10 anos as idosas Ex Autoridades vão ser pó da terra igual aos idosos ex Cabos da FAB! E não levará nenhum bem material para debaixo do chão. E depois, que contas prestarão ao Arquiteto do Universo?

Enviado por José Paulo Malaquias Ex Cabo da FAB em 07/04/2007


OI MÁRIO, APESAR DE TER PASSADO TEMPOS , VALE A PENA COMENTAR UMA MÁTÉRIA TÃO BEM ESCRITA, NÃO ESTOU AQUI PARA DEFENDER ESSE OU AQUELE, MAS PARA COLOCAR UMA PERGUNTA NO AR QUE ACIMA DE TODAS AS RESPOSTAS QUE JÁ DERAM, EXISTE UMA EM NOSSOS CORAÇÕES QUE ESSA SIM VALE A PENA SABER.
SERÁ QUE SE AS PESSOAS NÃO FOSSEM INDUZIDAS A VIVEREM UM VIDA MISERÁVEL, ACOSTUMADA A COMER MAL, VESTIR PIOR , EDUCAÇÃO SÓ O QUE FALTA, AJUDAR O PRÓXIMO( SÓ SE FOR NA SUA VEZ); QUER DIZER VIVEMOS EM UMA SOCIEDADE QUE NÃO DÁ A MINIMA EM ACOLHER AS PESSOAS, EM DAR APENAS UMA PALAVRA DE AJUDA, CONSOLO,AMOR, E SIM PRESAM O FATO DE PISAR NOS OUTROS PARA CRESCER, SE POSSIVEL FOR "PISAM ATÉ NA MÃE",. O QUE SE DISCUTE NÃO É SE NA IGREJA "A" OU "B", FALAM OU NÃO DE DNHEIRO, MAS É QUE ELA BATE DE FRENTE COM ESSAS IDÉIAS QUE IMPLANTARAM EM NOSSA MENTE DESDE PEQUENOS, E MUITOS NÃO ACEITAM SER CONTRARIADOS, PRINCIPALMENTE QUANDO SE FALA A VERDADE. O QUE DEIXO PARA SER ANALIZADO É :SE NÃO VIVESSEMOS SENDO MANIPULADOS DESDE PEQUENOS, POR PESSOAS QUE NÃO QUEREM NOS AJUDAR E SIM NOS MANTER NA SITUAÇÃO DE VIDA QUE NOS SUJEITEM A ELES,COM O PENSAMENTE DE QUE "O POUCO COM DEUS É MUITO, E MUITO SEM DEUS NÃO É NADA ", SERÁ QUE NOS DEIXARIAMOS LEVAR PELO QUE A MIDIA APRESENTA, OU MANIFESTARIAMOS A NOSSA OPINIÃO COM MAIS FEQUENCIA,VIVERIAMOS COM CERTEZA E NÃO COM MEDO DE ARRISCAR DE LUTAR E DE VENCER ?
...NA FÉ, LUCIENE.

Enviado por Luciene em 06/05/2006


Acho que quem escreve sobre a igreja universal não tem mais o que fazer da vida, amo esta igreja e o seus líderes,sou ex obreira mas nem por asto,falo mal da igreja e sim tento ajudar,quem está errado tem que pagar,mas não quer dizer que a igreja não seja de deus.Sou dizimista,ofertante com maior prazer,se existe roubo,eles vaõ acertar contas com a justiça dos homnes e de Deus.Não sou igninorante,pois faço curso de contabilidade,apesar dos erros de português,minha maê é que fez confusão e um escandalo na igreja por que eu disse que gostaria de me casar com um pastor,e ela ainda é apegada a igreja católica,por isso me tiraram da obra de Deus,mas estou certa que voltarei na igreja universal,pregando no altar,para reparar toda injustiça feita,se é que foi feita,sou aberta a opiniões,meu telefone para contato 81732928 obrigada por ceder este espaço atenciosamente ex obreira da iurd Poa RS

Enviado por Patricia Teixeira Marin em 07/12/2005


Estou fazendo um trabalho para a faculdade e preciso ter uma opinião diretamente do autor, sobre o seguinte assunto.

MARKETING BASICO

resumo do primeiro capítulo.

Depois disto eu terei que juntar o resumo de todo o livro e fazer uma apresentação em comparação ao resumo do autor.

abraços,

roseli dambros

Enviado por ROSELI DAMBROS em 05/08/2005


Realmente, é absurdo o que tem acontecido neste país...

Na Globo, não se sabe porque e qual o interesse a todo momento expressam que a opinião do povo sobre a imagem do presidente não mudou apesar de tanta lama.
Não é bem isso que eu penso e que vejo ao meu redor, pois amigos, parentes e conhecidos tem sim se decepcionado naõ apenas com o PT mas o próprio Lula, também não sia ileso para nós.

Na verdade, sabemos que essa sujeirada e corrupação vem acontecendo no país a muitos e muitos anos, independente de partidos ou presidentes em questão...
Agora me pergunto, quais são os verdadeiros interesses por trás de aparecer AGORA esta porcaria toda?

Se é para quen o Lula não seja reeeleito, ok, é um motivo.
Se é para por ordem neste país de povo tão pacífico que vem sendo roubado a tempos e sabe disso e agora quer que tudo seja esclarecido e parem com esta corrupção no governo, ok, mas voce acredita?

E nosso ex caçador de marajás?
E as torneiras de ouro?
E as montanhas de lençois de cetim da Granja do Torto, do Lula e família?
E os blogs mostrando o filho do Lula com a "galera" no ano novo, tudo por conta dos nossos impostos, se divertindo as pamapas e com a "tia" Marisa junto?

E aí o que vamos realmente fazer?

Enviado por Adriana em 25/07/2005


Ola, Mario
Nunca tomei muito café. Não sei porque, mas sou a ovelha branca lá de casa.
Mas também não posso dizer que não gosto dele. Há certos tipos de café que são de fato atraentes pelo aroma, sedutore pela consistência e até viciam pela forma original como são manipulados.
O cafezinho é definitivamente um dos mais poderosos argumentos brasileiros para convidar alguém a fazer uma visitinha.

E esse teu café é tudo isso. Difícil é não apreciá-lo.
E foi inspirado no teu café que mantenho também há alguns anos uma seção "café" no meu portfolio com um link que permite a leitura das tuas últimas crônicas, onde os meus visitantes são recebidos com o melhor café da Web.

Com esse serviço delivery, acabei ficando preguiçoso e não vistei mais o teu blog com a frequência inicial.

Mas agora, provando novamente o café diretamente da fonte, percebi que a mistura aqui é ainda mais interessante e que nunca se bebe o mesmo café todos os dias.
Tem sempre alguém com algo novo para acrescentar e interagir na fórmula.

Parabéns a todos e...
Saúde!!

Enviado por Enio Souza em 25/07/2005


O poder do marketing é incomensurável. A cada dia a sua boa utilização nos mostra que a imagem que se vende está muito distante da realidade que se vive. No entanto, é lamentável que os brasileiros aceitem passivos o momento que o país está passando. É bom ficarmos de olho em quem iremos eleger nas próximas eleições.

Enviado por aline costa em 21/07/2005


a verdade tem que ser dita e é o que vc tem feito parabéns.."mito acreditar no que não se ver; é o que nos rege nesse mundo de tiranos, ter uma crença nos ajuda a sonhar com mundo melhor"..mas, chega de tanta sacagem publica..as eleições estão chegando essa é a hora de darmos o troco, mudemos todos os que estão no poder coloquemos todos novos...um abraço..josiane.

Enviado por josiane em 19/07/2005


Mario, Bom dia só espero que não pare de expressar o que realmente pensa, sabe né na realidade todos pensamos diferentes e isso é legal para podermos debater e pensarmos um pouco mais, sou assistente de treinamento e sei como é nos treinamento todos assistem um único video mas só alguns conseguem entender o que realmente esta sendo passado e ai gera a discussão e não adiante tentar colocar na cabeça deles que a resposta é somente uma porque tem que ser a outra ai já viu, quero que saiba que vc é muito bom no que faz, e por isso disperta este forum.
È futebol, religião, politica e sexualidade SÃO COISAS DIFICEIS DE CHEGAR A ALGUMA OPINIÃO.(desculpe-me pela falta de concordancia verbal estou meio sem inspiração, não tem algo ai que levanta difunto sabe quando estamos na fossa, quando tudo da errado o que vc me diz)

Enviado por Denise Matos em 18/07/2005


Olá, Denise - Primeiro, respondendo sua pergunta, sim, eu troquei a foto no topo da página. Esta deve levar mais tempo para carregar porque está dez quilos mais pesada do que o cara da foto antiga.

Quando escrevi sobre Robert Jefferson, recebi e-mails indignados achando que eu estaria dando meu aval aos atos do deputado. Porém, o ponto eram as técnicas de comunicação. Agora recebi um e-mail de um fiel indignado achando que critiquei a Igreja Universal. Não foi a intenção. Meu tema está muito acima disso: é o mito e como funciona na mente das pessoas. Para deixar mais claro ainda, minha posição é:

Igreja Universal: Sou cristão, leio a Bíblia e pessoalmente não concordo com a doutrina e os métodos da organização. Todavia, a cena do bispo com malas de dinheiro está perfeitamente coerente com a propaganda passada pela organização de que ali há prosperidade. Não há nada de ilegal em carregar malas de dinheiro ou em contribuir para engordar essas malas. Quem quiser acreditar que tal organização seja capaz de oferecer prosperidade irá contribuir porque acredita nisso. Um vende prosperidade, outro compra prosperidade. Como se diz em inglês, "Birds of a feather flock together." O texto não é uma crítica, mas uma análise de como funciona essa relação.

Presidente Lula: O texto não tece críticas ao presidente, porém mostra o homem como um ícone, um mito respeitado em todo o mundo pelo que representa: a ascensão da class operária ao topo da cadeia de comando, representando a meta de sucesso de todo cidadão que não teve oportunidades de subir por meio do estudo e do trabalho convencional. Obviamente, com todas as mordomias que fazem jus à posição. Mais uma vez, o texto não tenta analisar a questão política, mas o significado do mito e do que desperta na mente das pessoas.

Daslu: A marca é o mito aqui, mas a empresária não, pois não representa a ascensão mágica inerente ao mito. A ascensão por meio de empreendedorismo só é inspiradora para aqueles que têm meios de empreender. Para quem está muito distante, não é uma inspiração, mas uma afronta. Por isso as massas adoram ver empresários ricos presos. Se a empresa deve ou não ao fisco, não é o assunto de meu texto. Particularmente considero burrice as críticas de alguns comentaristas aos gastos dos milionários. Dinheiro é para ser gasto e se os milionários não gastarem é pior. Não haverá geração de empregos. Quem pode comprar uma calça por dez reais, que compre. Quem puder pagar dez mil, que pague. Dinheiro é feito para circular. Uma anedota mostra bem a bobagem cultural que impregna alguns brasileiros em sua crítica aos que gastam (porque podem gastar):

Um americano e um brasileiro, ambos pobres, vêem passar um milionário em seu carro de luxo. O americano diz: "Um dia quero ser como ele!". O brasileiro diz: "Um dia quero que ele seja como nós!"

Enviado por Mario Persona em 15/07/2005


Olá Mário ea todos, 1º por acaso vc mudou a foto do rodapé lá em cima, ou é impressão minha? não vale mentir!!
Sobre os assuntos em evidências, no caso do bob Jeff e dos outros já não há mais o que comentar, li um verso que resumio que eles são e pensam( SE ENCHERGUEI UM POUCO MAIS FOI LONGE FOI POR ESTAR SENTADO EM OMBROS DE GIGANTES)então algum gigante começou e seus cópias, enxergaram um futuro longe e promissor.E ai está dando o que deu.
Já o que diz respeito a igreja em si, o problema não é ele ser o bispo, pastor mas sim por ter dado bandeira por estar também vinculado a politíca, mas pelo que já vi e ouvi o jato já estava fretado e todo esse dinheiro vai para as instituições a qual a igreja trabalha como a erece(sei lá se é assim que se escreve).
Não não sou uma pessoa defenssora desta denominação, mas acho muito injusto o que estão fazendo até que se prove o contrário!!!, ninguém da enfase ao que ele fez trazendo os brasileiros que entraram nos EUA ilegalmente e no que tanto a igreja quanto ele já fizeram de linha de frente.Tá robando? não sabemos mas o governo roba e não ajuda ninguém.
Entendam como quiser, abraço a todos e ai o que me dizem.....

Enviado por Denise Matos em 15/07/2005


Caro Mário.

Creio que o mito da "salvação" é que faz com que pessoas, na maior parte humildes, proporcionem aos espertos ganhos milionários. Vc. já viu como eles fazem para arrecadar estas fortunas nas suas "sessões" contra os demônios deste povo?
E o zé povinho continuará cada vêz +pobre.
Ah. Esqueci da Daslu......mas e os outros? A sonegação começa no boteco da esquina, passa pela calçada do contrabando e cópias baratas de produtos patenteados e chega aos poderosos que vendem/compram sem Nota Fiscal...tudo isso porque não temos legislação, fiscalização e penas severas para os "espertos", e o zé povinho, bem ...este está na rua brigando por um prato de comida, carregando seus filhos mijados pela vergonha nacional...a miséria..
Um abraço
Sadi

Enviado por Sadi Machado em 15/07/2005


Alô, Mário.
Seguindo seu conselho, vim aprender a fazer meu blog. Acabei conhecendo um bocado de gente interessante!
Se eu fosse você, concordaria contigo... senão, não seria eu mesmo!

Aquele abraço!

Enviado por Charlles Nunes em 15/07/2005


Olá Mario!
Gostei muito de sua crônica!
É verdade que o mito resiste a tudo de maneira incólume, mas bem que poderia não resistir tanto.
Sou evangélico, mas acho que o dinheiro tem tido um destaque especial em quase todas as lideranças evangélicas. Isso é mal, muito mal!
Grande abraço.

Enviado por Marcio B.Estanqueiro em 14/07/2005


Caro Mario.

Gostaria apenas de acrescentar um comentariozinho a sua bem bolada cronica. (Desculpem mas meu computador nao tem acentuacao).

Sou evangelica desde 1987 e desde 1997 frequento a IURD (Universal). Nao tenho o menor problema em dizer isso, porem gostaria de dizer que nem todo membro da IURD nao esta interessado na salvacao. Considero-me salva e mesmo assim gosto de dinheiro. Concordo com voce quando diz que uma pessoa com ambicao nao pode estar relacionada com pessoas sem a mesma. Mesmo que essa pessoa seja um pastor. Estah cheio de cristaos derrotados por ai, dando um pessimo testemunho do Reino, em nome de uma falsa modestia. Como diz voce quem gosta de pobreza eh intelectual ou pessoas que fracassam na vida e dao essa desculpa.
Veja que nao estou defendendo pessoas. Acredito que se estao fazendo coisas erradas, seja Bispo da IURD ou Bispo da I. Catolica teem que ser punidos.
Achei muita infantilidade da direcao da Igreja deixar que Parlamentares transitassem com dinheiro visto a situacao atual de investigacoes sobre essas pessoas. Nao considero crime doar dinheiro para a Obra e muito menos transitar com dinheiro vivo por ai mas, justo na mao de politicos. Pega mal, muito mal!!!!
Um grande abraco.

Enviado por Christinabrasil em 14/07/2005


Grande Mário!
Estou ficando viciado nestas leituras... Seu humor é inteligente aliado à uma dose certa de sarcasmo :)
show de bola
abraços do mano carroça

Enviado por Antonio Carroça em 14/07/2005


Mario
Não sei que aconteceu mas na hora de lhe enviar os meus comentário, eu quis ler, corrigir e depois publicar, mas não consegui e devo ter apertado um NAO...
E ao ver a palavra NÃO, eu quero registrar que concordo com VC em genero numero e grau com esses cometários sobre as diferenças do Mito e do Minto - Só um N no meio da palavra Mito é capaz de nos deixar "brochado" ou "castrado" de esperanças por dias melhores. O N é o começo da palavra NAO!
NÃO à essa "sacanagem", pois todas essas mentiras, e o dinheiro envolvido poderiam estar sendo aplicados em Projetos que os Cidadãos Brasileiros sonham: Não à doença, Não há falta de Educação;Alimentação;Saneamento; Não à corrupção...e por aí vai.
A Dualidade do Bem e do Mal está sendo expressa neste País pelo desejar e caráter de alguns Políticos/Empresas ao optarem pelo MAL à Sociedade. NÃO a esse MITOS MENTIROSOS! Urge começar a usarmos o SIM pelo BEM que desejamos às pessoas e à Nós mesmos e vamos na busca de Mitos Verdadeiros nas próximas eleições...se aparecerem!!!...

Enviado por João Prestes em 14/07/2005


Quando passarmos a ler as entrelinhas, a enxergarmos além das belas palavras...não nos impressiomarmos com falsos brilhos, castelos de areia... Teremos condições de diferenciarmos o personagem MINTO do personagem MITO. É pena que nem todos consigam VER o que está na cara de cada ser humano.

Enviado por Edna Freitass em 14/07/2005


É uma pena que o povo brasileiro seja tão inocente, quando se trata de políticos.É incrivel como eles usam o marketing pessoal, para ludibriar as pessoas. O poder é muito perigoso, nas mãos de pessoas que não tem senso humanitário.

Enviado por Lígia em 14/07/2005


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?