Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Entrevista Rádio CBN"] [Página Inicial] [Próximo: "Quem canta, seus males espanta. Clientes também."]

26/02/2004 Salada de frutas
por Mario Persona

Salada de frutas

Nasceu meu quarto livro. Fala-se tanto em mix de marketing que até me surpreendi quando descobri que ninguém ainda tinha falado em salada de frutas de marketing. Agora falei.

Marketing viral, marketing direto, marketing de permissão, marketing de relacionamento, marketing pessoal, marketing de guerrilha... como você podeperceber, não faltam denominações para os mais diversos tipos de marketing. Essas variações sobre o mesmo tema, em geral, costumam aparecer em livros americanos, escritos por uma infinidade de novos gurus, mas achei escrever sobre o tema em bom português. Ou em um português que é mais ou menos, porque em marketing ninguém tem a palavra final.

Se o problema é fome zero, começo pela sobremesa. Neste meu quarto livro vou saciar a fome de quem não está fazendo regime por idéias e sacadas de marketing. Prepare a colher, porque você vai saborear uma salada de frutas tropicais. Veja o que escreveu quem já comeu:

“Algumas pessoas têm a habilidade de nos informar e ampliar nossos horizontes de forma contundente. Mario Persona é uma delas. Em Marketing Tutti Frutti, ele mostra que não há limites para novas formas de atuar no mercado, quando a criatividade está a nosso serviço.” - CELSO VARGA, empresário

“Marketing Tutti Frutti é uma positiva afronta à nossa capacidade de inovar, ousar, criar, fazendo uso da experiência como estimulante da intuição. O leitor é instigado a explorar seu pleno potencial, a reinventar, a reciclar, a sonhar e a acreditar que pode fazer mais do que imaginava. Impossível não apreciar essa gostosa ‘salada de frutas’.” - DONIZETE SANTOS, presidente SKF do Brasil

“Beleza de livro, ou melhor, beleza esse modo de escrever. Eu prefiro Monteiro Lobato a Machado de Assis porque o estilo parnasiano de Machado não me deixa concluir. Ele conclui tudo, e não é esse o estilo de Mario Persona. Seu estilo é leve e gostoso, e mais se parece com o estilo do Pequeno Príncipe, onde temos que interpretar suas parábolas.” - MARCOS PENNA, empresário, fundador da Condimentos Karina e precursor da indústria de temperos prontos no Brasil

“Esta obra de Mario Persona retrata de forma bem-humorada crônicas, idéias e sacadas de marketing pessoal, empresarial e social. Mario foi muito feliz pois, com sua linguagem de fácil compreensão, procurou relatar sua experiência de vida — muito rica por sinal —, tanto no mundo empresarial e acadêmico, como pessoal, relacionando assuntos ligados ao marketing.” - PROF. DOUTOR ALESSANDRO MARCO ROSINI - Pró-Reitoria de Planejamento e Tecnologia da UNINOVE

10 DICAS DE COMO PUBLICAR SEU LIVRO

Tem gente querendo saber como ter um livro publicado. Aqui vão algumas dicas. Mas antes é bom saber que são poucos os escritores brasileiros que conseguem sobreviver da profissão. Pouquíssimos. Autores como eu geralmente têm outras atividades e acabam fazendo do livro mais uma fonte de divulgação de seu trabalho, já que seria impossível sobreviver dos direitos autorais em um país onde tão poucos têm costume de ler livros. Não quero desanimá-lo a publicar seu livro, mas vá com calma, tendo em mente a seguinte anedota:

-- Publiquei meu primeiro livro e pedi demissão do emprego para viver só de escritor -- diz o novo autor a seu amigo.
-- E está vendendo muito? -- pergunta o amigo interessado.
-- Já vendi quase tudo: casa, carro, geladeira, bicicleta, cachorro...

Fique agora com as dias para publicar seu livro:

1. Prepare um projeto sobre o livro que escreveu ou que pretende escrever e envie para as editoras. Você encontra uma lista delas clicando aqui. Outra opção é você se cadastrar no site Mesa do Editor que oferece um lugar para editoras encontrarem autores e estes serem encontrados por elas. Lembre-se de que sua primeira venda é para o editor, não para o leitor, e o editor não está esperando seu manuscrito, mas seus argumentos. Ele quer saber por que seu livro deve ser publicado e se vai vender. É seu projeto que vende, não seu livro, em uma primeira instância. Portanto, não envie ainda o manuscrito. Nem é preciso dizer que você deve procurar apenas editoras com títulos compatíveis com o seu, ou acabará oferecendo um livro de negócios para uma editora de obras infantis.

2. Se alguma editora responder solicitando o manuscrito, dê preferência ao envio dele impresso, por SEDEX com aviso de recebimento. Se quiser, registre antes sua obra na Biblioteca Nacional, mas isso não é necessário se puder comprovar que a obra é sua. Ao contrário da legislação em outros países, no Brasil o autor é dono salvo prova em contrário. Não morra de preocupação pensando que vão roubar seu livro, ou acabará como um rapaz que me perguntou como registrar o título de seu livro. Perguntei se o livro era bom e ele respondeu que ainda não tinha escrito, pois só conseguiu pensar no título e queria começar registrando o título!

3. Se não conseguir ninguém interessado, pode tentar uma dessas editoras que correm parte do risco (você paga parte da produção e recebe uma fatia maior dos direitos) ou que não correm risco nenhum (você paga toda a produção e fica com o que vender). Deste modo é melhor embrulhar bem o estoque para o papel não amarelar, pois não vai vender muito. Mas pode usar, com sucesso, para alavancar sua carreira (veja item 5). Numa editora convencional, em que você não corre risco nenhum, sua parte geralmente será 10% do preço de capa, a menos que seja um escritor de renome que receba por contrato mais participação.

4. Lembre-se de que a editora é importante, mas a distribuidora é mais ainda, pois é quem porá seu livro na rua. Quanto maior a editora, mais conhecida sua marca, melhor a distribuidora que trabalha com ela, maior a probabilidade de seu livro ser comprado/consignado por livreiros. Quanto mais livros você tiver publicado, idem. Editoras pequenas e autores pequenos costumam ser recusados por livreiros. No entanto, ultimamente muitas editoras têm apostado em novos talentos publicando tiragens pequenas de diversos escritores diferentes. Nunca se sabe quando aquela professora ou dona de casa anônima vai aparecer com um novo Harry Potter...

5. Com a Internet, provavelmente você pode ser um grande divulgador de seu livro, mas evite o spam. Se trabalha com conhecimento, como eu (consultor, professor, palestrante, etc.) você irá comprar um bocado de seus livros para usar como cartão de visitas. Ser consultor não quer dizer nada (mas pode garantir o feijão), enquanto ser autor quer dizer tudo. Mas não pense em ser apenas autor, a menos que consiga se acostumar a viver sem feijão.

6. Obviamente há outros caminhos para publicar um livro, como aconteceu com minha filha e seu romance "Uma Luta Pela Vida", vencedor de um prêmio literário. Mas ela teve que concorrer com mais de 600 escritores e acabou vencendo. Como uma coisa puxa outra, já foi convidada pela editora a escrever outro. Publicar é como dar à luz. Depois do primeiro, os outros vêm mais fácil pela mesma editora ou por outras que, vendo que alguém apostou em você vão querer apostar também. Sabe como é, ninguém queria namorar a Mariazinha, até ela arranjar namorado.

7. É claro que a Mariazinha não teria arranjado namorado sem um banho de loja em todos os sentidos. Portanto cuide de seu marketing pessoal e da promoção de seu livro com todo o cuidado. Faça um belo penteado na carta ou e-mail que vai enviar para as editoras vendendo sua idéia. Aqui vai o texto do e-mail que enviei para as editoras vendendo a idéia de publicarem meu primeiro livro. De mais de uma dezena, apenas 3 se interessaram em publicar e assinei contrato com a Futura, a primeira que se interessou:

"Prezado Editor,

Um livro de Internet que não envelhece. Era este meu projeto ao reunir minhas crônicas de Internet, negócios e marketing no volume "Crônicas de uma Internet de Verão". Por quase três anos elas apareceram em meu boletim semanal WideBiz Week e em uma centena de sites, jornais e revistas. O estilo sempre atual da crônica é ideal para tornar perene um tema tão mutante e volátil quanto a Internet.

Como bem definiu Lourenço Diaféria, 'tal produto [a crônica] tem que ser rápido, mas não apressado; leve, mas não volátil; rasteiro, mas não desmazelado... capaz de transmitir sentimentos pessoais, até íntimos, mas ao mesmo tempo transferíveis a qualquer leitor; e ser decentemente bem escrito para ser lido, com complacência, e até prazer, pelo dono do jornal, pela mulher do dono do jornal e pela mãe do dono do jornal. Essa é a crônica perfeita.'

Meus textos são hoje adotados como referência em universidades, ao mesmo tempo em que são lidos por empresários, colegiais e donas de casa. Minhas crônicas, além das palestras e do acesso à mídia, permitiram que eu tivesse uma rede de relacionamentos com mais de 6 mil pessoas, compradores em potencial. Já comecei a promover mesmo antes de publicar, em minha última crônica: ."Hollywood não tem palavras para se expressar"

Além de uma edição normal, as crônicas permitem uma edição de luxo, visando o cliente corporativo. Um mimo original para distribuir a seus clientes no final do ano. Se houver interesse em receber o manuscrito para publicação, queira me avisar

Mario Persona

8. Lembre-se de dar uma amostra grátis de seu livro sempre que possível, como faço com a Apresentação de Marketing Tutti-Frutti. Você já comprou aquele café ou biscoito no supermercado depois de degustar um grátis? É assim mesmo. Se você achar que dar amostras grátis atrapalha as vendas, lembre-se do livro Unleashing the Ideavirus de Seth Godin que foi distribuído de graça na Internet em versão e-book e mesmo assim ficou em 5º lugar dentre os mais vendidos no site da Amazon.com.

9. Crie um blog ou site para falar de você, seu livro, sua vida, distribuir conhecimento e coisas assim. Lembre-se de que ninguém está mais aguentando linguagem formal ou imagem engoamada e passada a ferro. Seja você, seja humano, seja sincero. Ser diferente é um dos princípios de um marketing bem-sucedido.

10. Se quiser que seu livro seja mesmo um sucesso, é bom conhecer algumas dicas de marketing, principalmente de marketing alternativo, boca-a-boca e especialmente do uso da Internet para promover sua imagem, serviços, etc. Esta é a parte mais fácil, pois explico direitinho em meu livro Marketing Tutti-Frutti. Viu? É assim que se faz. Ah! Antes que me esqueça, para estas dicas funcionarem é preciso que você saiba escrever e tenha algo para dizer. Só isso.

P.S. Depois que publiquei esta lista, um leitor escreveu perguntando: "Onde está a sétima dica?". Vejam só, eu havia me esquecido da sétima! Bem, pelo menos uma pessoa leu com atenção. Para compensar meus leitores por qualquer dano causado pela falta de uma sétima dica, cuidei de inclui-la e colocar abaixo mais algumas dicas como um bônus extra:

11. Você não precisa ser o autor para ser o escritor, ou vice-versa. Se escrever bem, poderá tentar uma brecha como ghost-writer, ou "escritor fantasma". Você não precisará morrer para fazer isso, mas terá que escrever e publicar sem ser visto. Um ghost-writer escreve livros para personalidades que não sabem ou não têm tempo para escrever uma linha. O trabalho do ghost-writer é entrevistá-las e escrever por elas. No livro sai a personalidade como autor e o autor ganha apenas pelo seu trabalho, longe dos holofotes.

12. O maior interessado em promover seu livro é você, portanto esqueça a vergonha. Uma das formas de promoção é visitar livrarias para ver se o seu livro está lá (depois de publicado, óbvio) e pedir que seja colocado em lugar de destaque. Se for simpático, o funcionário da livraria se sentirá honrado por conhecer o autor e fará o possível. Não perco uma oportunidade de fazer isso. Uma vez na livraria do Aeroporto de Guarulhos não conseguia achar meu livro. A funcionária me levou até um canto onde meu livro estava empilhado e, em cima dele, outro livro em pé, em destaque. Peguei meu livro (ela ainda não sabia que eu era o autor), fiz a maior cara de tristeza e comecei a acariciar a capa dizendo que aquele livro tinha um problema de solidão e que gostava de estar onde as pessoas pudessem vê-lo, que inclusive estava fazendo tratamento com psiquiatras etc. Antes que a menina pensasse que eu era louco, sorri e me apresentei dizendo que gostaria de ver meu livro na vitrine. Foi na hora.

Andei pesquisando o conceito de POD, ou Print On Demand Publishing e descobri que o futuro editorial será muito parecido com o que já acontece com as floriculturas. Você entra em um site de flores sediado, digamos, em São Paulo, e manda um ramalhete para alguém em Xangai. Ou uma coroa de flores, se for alguém que investiu pesado na bolsa de lá. Meia hora depois ele recebe as flores que, na realidade, foram embaladas e enviadas por uma floricultura de Xangai, parceira do site daqui.

A Lulu.com já faz isso com livros. Quem compra na Europa do site que está na América recebe o livro impresso digitalmente por um parceiro de lá. Não há estoques de livros, só de arquivos digitais que são transformados em livros na hora da compra. A Lulu.com foi criada por um dos fundadores da Red Hat, provedor de soluções Linux e open source.

Isso terá um impacto enorme principalmente nas editoras, já que a produção literária acabará seguindo os passos da produção musical. Qualquer banda que não consegue entrar no mercado pelos caminhos tradicionais pode lançar suas músicas para download e, se vingar, ser convidada por uma gravadora de renome.

Do mesmo modo, qualquer autor pode colocar seu livro à venda em questão de horas e, quem sabe, ser descoberto e até ir parar no circuito editorial tradicional. No site da Lulu.com publicar é de graça, mas por 100 dólares existe a possibilidade de ter o livro também no catálogo da Amazon e Barnes & Noble, as duas maiores livrarias do mundo. O negócio tem futuro? A Amazon pensa que sim, ou não teria comprado a BookSurge.com, concorrente da Lulu.com.

Para experimentar, coloquei um e-book grátis na Lulu e já preparo um livro de papel em inglês para ser publicado lá. Vamos ver qual o resultado.

Tirando a tecnologia digital de impressão, o conceito da democratização da autoria e distribuição do livro fora dos limites do mercado editorial convencional já foi usado há quase 100 anos pelo inovador Monteiro Lobato. Veja o que encontrei sobre o assunto:
www.espacoacademico.com.br/028/28netto.htm

MARKETING TUTTI-FRUTTI
MARIO PERSONA

Marketing tutti frutti apresenta dicas de marketing em 34 crônicas rápidas, divertidas, mas de grande profundidade de conceitos. Elas falam de negócios numa linguagem tão informal que beira a irreverência. Neste livro procurei adaptar os vários tipos de marketing à realidade brasileira, mostrando a necessidade de o profissional de marketing ser criativo e intuitivo. Não é uma obra acabada, mas apenas um pontapé inicial para ajudar você a pensar marketing com mais arrojo e confiança. Também não é um livro exclusivo para empresas ou quem trabalha nelas. Marketing é algo que faz parte de nossa vida e tem grande influência na forma como você gostaria que as pessoas considerassem você. Já pensou nisso?
LIVROS QUE ENSINAM COMO ESCREVER...

Como Escrever
JORGE FERNANDO DOS SANTOS

Como Escrever, é um guia teórico e de estímulo prático para todo aquele que quer se aprofundar na arte de escrever, seja na função de estudante de Comunicações Sociais, Artes Cênicas ou áreas afins, seja na função de profissional do ramo, em busca de se atualizar em termos de técnicas e idéias. Voltado para áreas específicas - teatro, cinema, literatura..., sem deixar de abranger o universo literário de forma mais ampla, ele apresenta de uma forma dinâmica fórmulas interessantes para que a expressão escrita seja desenvolvida, tornando-se estimulante, viva, moderna.

Como Escrever Melhor e Obter Bons Resultados
IVAN RENE FRANZOLIM

Escrever é uma forma de comunicação que revela um pouco do interior do ser humano. Falar e escrever significam mais do que um meio de se comunicar. Por meio desses mecanismos, consegue-se trocar informações, conhecimentos e sentimentos que devem alimentar o espírito, a arte e a cultura. Neste livro, o leitor encontrará técnicas que o ajudarão a vencer as dificuldades da escrita e a aprender a utilizá-las com efeitos cada vez melhores. Neste processo de aprimoramento, Como Escrever Melhor e Obter Bons Resultados destaca a importância da leitura minuciosa, da vontade e da persistência. Todas as técnicas apresentadas estão baseadas no jornalismo e adaptadas, seja para correspondência pessoal, no ambiente de trabalho, na internet ou na imprensa, melhorando o processo de comunicação e maximizando resultados. Ao ler Como Escrever Melhor e Obter Bons Resultados, você deverá ter liberdade de imaginação e, acima de tudo, estimular sua criatividade. Início, desenvolvimento e conclusão são características simples mas fundamentais para o seu texto. Este livro auxiliará você, leitor, a tirar todas as suas dúvidas e a vencer o medo da escrita. Ele apresenta idéias simples e conhecidas, reunindo-as de forma objetiva e agradável. Organize as idéias com clareza e objetividade.


50 Melhores Artigos, Os
STEPHEN KANITZ

Stephen Kanitz escreveu mais de 400 artigos na sua vida, a maioria em jornais e revistas de grande circulação. Esta coletânea inclui um artigo inédito, "Como escrever um artigo", onde Kanitz expõe um pouco da sua técnica de escrever, com o objetivo de incentivar outros escritores e articulistas que tenham a capacidade de mudar a forma de pensar neste país. Para quem escreveu tantos artigos, ele tem relativamente poucos livros publicados, quatro no total. Um foi o best seller "O Brasil Que Dá Certo", nove semanas entre os mais vendidos e vencedor do Prêmio Jabuti de 1995. Nesta coletânea são apresentados os seus 50 melhores artigos, escolhidos pelos editores, por ele e pelos seus leitores. A maioria dos artigos selecionados recebeu uma avaliação dos leitores de 90% entre excelente e bom, uma média surpreendente de aceitação positiva.

Webwriting: Pensando o Texto para a Mídia Digital
BRUNO RODRIGUES

O livro mostra como distribuir o conteúdo informativo em um site. Como potencializar informações, torná-las atrativas para o visitante, além de apresentar aspectos de redação online, entre outros tópicos.

Como Escrever na Rede: Manual de Conteúdo e Redação para Internet
LEONARDO MOURA

Escrito pelo jornalista carioca Leonardo Moura, é um manual de redação para quem pretende escrever e atuar na internet. O livro narra a evolução da grande rede e do mercado de jornalismo on-line, descrevendo conceitos e dicas de adaptação de texto para divulgação de notícias e venda de produtos. A idéia é mostrar como editar, escrever e preparar o conteúdo para web. E o mais importante: como falar direto com o público que se pretende atingir.

Como Escrever uma Tese
SONIA VIEIRA

As teses acadêmicas são escritas de maneira convencional e impressas em formato padrão. É pois necessário que o candidato a um título acadêmico aprenda como escrever uma tese. Entre os livros que tratam do assunto, este se destaca pela exposição didática e pela bem expressa informalidade. A autora ensina como escrever uma tese dando ênfase à pesquisa de bom nível e abordando a relação orientador-orientado com propriedade. A exemplificação é simples e clara, sempre com muita empatia com o leitor. O livro também tem desenhos que ilustram a exposição. Enfim, esta é uma obra que não pode faltar nem na biblioteca de quem está escrevendo ou pretende escrever uma tese nem na biblioteca de quem orienta uma tese.

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 74 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

AGRADEÇO DE CORAÇÃO AS DICAS, FORAM VÁLIDAS.

I HAVE WRITTEN A BOOK A LONG TIME AGO AND SOME PEOPLE HAVE READ IT AND ENJOYED, I AM TELLING ABOUT THE SUBJECT AND IF IT INTERESTS YOU I WILL SEND THE WHOLE SCRIPT.
MY NAME IS SELMA ACOSTA BRAGANÇA, I AM GRADUATED IN GEOGRAPHY AT RONDONIA UNIVERSITY. I HAVE BEEEN LIVING FOR MORE THAN 30 YEARS IN THE RAINFOREST, I CAME FROM SOUTH (STATE OF PARANA) ATRACTED BY THE PROMISSES MADE BY GENERAL EMILIO GARRASTAZU MEDICE, VERY CONCERNED ABOUT THAT NON POPULATED AREA IN BRAZIL, HE INVITED ALL THE PEOPLE WITH NO SHELTER AND NOWHERE TO GO, TO COME TO AMAZONIA WHERE THERE WAS LAND BUT NOONE TO TAKE CARE OF IT.
IN THIS TIME GOVERMENT STARTED TO BUILD THE TRANSAMAZONIC RAILWAYS CUTTING DOWN MILLIONS OF RARE OLD TREES IN ORDER TO BRING FAMILIES FROM ALL OVER OTHERS AREAS IN BRAZIL, THEY USED THE SLOGAN " INTEGRAR PARA NAO ENTREGAR" TRANSLATING TO ENGLISH IS SOMETHING LIKE "LET'S DELIVER AMAZONIA TO BRAZILIAN PEOPLE NOT TO FOREIGN PEOPLE".
THE REASON WHY I INTEND TO WRITE A BOOK LIKE THIS IS BECAUSE I WITNESSED SO MANY PECULIAR FACTS, SOMETHING LIKE FINDING CHILDREN AFTER DAYS THEY GOT LOST IN THE WOODS, SOME SIMPLY VANISHED AND BECAME SOME KIND OF LOCAL LEGEND, SOME WERE TAKEN BY INDIANS AND SOME WERE TAKEN BY WILD ANIMALS. I WITNESSED ENTIRE FAMILIES KILLED BY A LOCAL DESEASE CALLED MALARIA, THEY WERE HOPELESS AND GOVERMENT NEVER CARED ABOUT THEM AT THAT TIME.
THIS BOOK IS ABOUT TO TELL THE STORY OF THE JOY OF THIS FORGOTTEN PEOPLE WHO HAD TO LEARN TO LIVE IN THIS ENDLESS FOREST, THEY LIVED A FRAGILE RELATIONSHIP BETWEEN SURVIVING AND TO HAVE BEEN FORGOTTEN BY THE PRESIDENT THEY TRUSTED SO MUCH.
THEY WERE HUMAN BEINGS WHO FOUGHT FOR THEIR LIVES AND ALSO WERE ENCHANTED AND CHARMED BY THE MISTERIES OF AMAZONIA. THE STORY TAKES PLACE IN A MAGNIFICENT SCENARIO WITH GREAT AND MAGIC WATERS, THE BIRTH OD TURTLES WHO JUST COME UP FROM THE SAND ALONG THE GIANT AMAZON RIVERS, THE RISING OF THE SUN AT XINGU RIVER, YOU WILL SEE THAT POPULAR WISDON TAKES PLACE INSTED OF MEDICAL KNOWLEDGE IT IS A PLACE WHERE THE FORGOTTENS ONES LEARNED TO LIVE IN THE DAWN, AFTERNNON AND IN THE NIGHTFALL, IT WILL ALSO SHOW YOU AMAZING SINGING OF RARE BIRDS AND THE ANGER OF A LITTLE GIRL WHO SAW THE MOST BEAUTIFUL TREASURE AROUND HER TO BE SIMPLY DESTROYED.
THIS ROMANCE WANTS TO TELL HISTORICAL FACTS AND ALSO TO ALERT PEOPLE ABOUT HOW IMPORTANT IS TO PRESERVE THIS WONDERFUL RAINFOREST.

"while the wind blows"

Enviado por Selma Acosta Bragança em 18/08/2009


PARABENIZO MAIS UMA VEZ, PELAS MARAVILHOSAS DICAS. HOJE ESTOU ENVIANDO MEU ROMANCE SOBRE A TRANSAMAZÔNICA, PARA VÁRIAS EDITORAS NACIONAIS, VISTO QUE TODAS AS PESSOAS QUE LERAM AMARAM, VOU COLOCAR TAMBEM NUM BLOG E SE NAO OBTIVER RESPOSTA DAS EDITORAS ESTAREI ENVIANDO PARA EDITORAS ESTRANGEIRAS QUE SE ENTERESSAM POR HISTORIAS DA AMAZONIA. COM CARINHO SELMA ACOSTA BRAGANÇA

Enviado por SELMA ACOSTA BRAGANÇA em 16/08/2009


Caro Mario Persona

Tenho 20 anos e sempre fui fascinado por livros de suspense e romance, aos 17 anos escrevi um livro ao qual não foi pulicado e so empresso chamado "Destino Cruzado"...Foi um sucesso para os meus amigo que leram e acharam a historia muito interessante.Não tenho uam condição financeira muito boa por isso não posso pagar um editora...O que vc me aconselha a fazer.Adoraria publicar meu livro.E meus amigos e conhecidos me dão a maior força!

Enviado por Diony em 13/04/2009


Mario,

Eu estou totalmente confuso. Não sei como irei fazer para enviar meu original, pois teu blog não foi a única ferramente que encontrei dando dicas para se tornar um escritor. Porém, nenhum deles disse a mesma coisa quando como enviar meu original para uma editora.
Teve um blog que me disse que eu tinha que enviar meu original impresso, encadernado e dentro de uma caixa que se fizesse destacada para que o editor tivesse interesse em ler o conteúdo.
Outro disse quase o inverso, igualado apenas no modo impresso de ser enviar. Ele disse para mandar em folhas soltas, e meu nome gravado em cada uma das páginas.
Você apenas me disse para mandá-lo impresso.

O que eu faço? Melhor, como eu faço?

Enviado por Jeyson em 20/11/2008


Puxa, muito obrigado pelas dicas que você transmitiu sobre publicação... Gostei muito de seus textos! Tenho vários materiais esperando para serem publicados por falta de recursos.

Estou pensando na opção "E-BOOK"... Entretanto, não conheço muito sobre o sistema de publicação dos "livros digitais"...

Ainda não tenho certeza se devo publicá-los na forma digital pois não tenho muita segurança sobre isso. Principalmente sobre a questão do recebimento dos direitos autorais. O que o senhor sugere?

Grande abraço!

Enviado por Marcos Paulo Blasques Bueno em 10/03/2008


Parabéns Mário,

Acredito que também consiguirei!

SOMOS TODOS “ ASTROS”

Por curiosidade, acessando o site da INEX, dei uma espiada em “ METÁFORAS”. Talvez tenha lido menos do que deveria, ou imaginei ter compreendido mais do que foi me dado a oportunidade de ler. Achei de fato extremamente interessante, como as oportunidades estão a todo momento passando a nossa porta, sem que a percebamos.
Lembrei então imediatamente de algo que se passava comigo e estava deixando-me bastante chateado.

Resolvi, achando que com isso poderia ajudar-me na causa do meu aborrecimento, além de usar a “ RAIVA” aliada ao que entendi como “ METÁFORA”, desenvolver uma ferramenta que pudesse reverter este estado de coisas, e assim escrevi:

Somos todos “ ASTROS”!
E como tal temos “BRILHO” próprio. Uns mais, outros menos “RELUZENTES” porém 100% “BRILHANTES”!, se considerarmos que uma pequena parcela deste, “BRILHA” em nosso consciente e a grande parcela do nosso “BRILHO” está no inconsciente, assim como todo a nossas virtudes e defeitos.
Somos “ ASTROS” sim, e somos os melhores, individuais, inigualáveis! Porém respondemos por nossos atos à sociedade. Portanto, se “ BRILHAMOS”, construímos ou destruímos algo, fazemo-o para alguém, interferimos na “GALÁXIA”. Ou sela, a partir daí, não sou eu.......,” SOMOS”!
O “ EU”, deveria ficar para ocasiões típicas: “EU ERREI”, “EU PEÇO DESCULPAS” etc.
Quando do “EU ACERTEI”, “ EU CONQUISTEI”, “ EU VENCI”, por que não.....”ACERTAMOS”, “CONQUISTAMOS”, “ VENCEMOS”!

Há pessoas embora “BRILHANTES”, que por não conseguirem medir a intensidade do seu “BRILHO” ou não saberem que as são, através de atos, palavras ditas ou escritas agem de forma a ofuscar nosso “ BRILHO” inconscientemente.
Decedi não aceitar de forma alguma, que, por menor que seja a “ MINHA RELUZCÊNCIA”, ninguém tem o direito de querer ofuscá-la, até porque sou um “ASTRO”, e como tal 100% “BRILHANTE”!
Por fim, após algumas reflexões ( e como ocorrem nestas ocasiões), resolvi adquirir um pequeno “CRISTAL”, que simbolizasse meu “BRILHO” em todas situações, principalmente as mais desfavoráveis!
Do que ficou concluí: Estarei daqui para frente, disposto a receber sempre o meu símbolo, como uma forma muito humilde de dizerem-me que errei. E se recebê-los em grande quantidade, reconhecer que erro muito, porém guardá-los-ei pois, se porventura necessitar retribuí-los, direi:

“VOCÊ É BRILHANTE”

Abraços e um feliz.......1,2,3,4

Roma

São Paulo, 22 junho de 2002

Enviado por Romaldo Oliveira em 07/01/2008


Olá tudo bem? Já fiz contato perguntando sobre direitos autorais quando iniciei meu livro. Agora em estágio final, e quase pronto para publicação, estou preocupado com a distribuição. Li atentamente todas suas mensagens em meu primeiro contato. De acordo com sua experiencia e relatos de amigos que te enviam e-mais, optei por pagar minha publicação, pois não quero que nada seja alterado, quero pagar para por minha história na praça, tal como escrevi... Outras editoras querem mudar a capa, título, e outros ítens,que "enervam" os escritores, por isso estou fazendo a opção de pagar para obter meu gosto. A única coisa que me preocupa, é a DISTRIBUIÇÃO, você cita que editoras grandes tem maior possibilidades de uma ótima distribuição. Particularmente gostaria de receber de voce, algumas dicas e endereços de editoras de um bom porte, para tal distribuição... Breve estarei de viagem a São Paulo, e nesse mesmo tempo quero fazer minhas pesquisas pessoalmente sobre preços, distribuição e outros... Afirmo aqui que não sou possuidor de conhecimento algum na área, por isso solicito um auxílio para não cometer erros... Fico no aguardo. Parabenizo-o por sua iniciativa e esclarecimentos as pessoas que desconhecem sobre publicações - PARABÉM MÁRIO. Apenas mais um auxílio; de-me uma dica de diagramação apenas para mim formatar meu livro no WORD, para que eu tenha noção de quantidades de páginas - TIPO DE LETRA, NÚMERO da mesma etc... tenho preferencia pelo tamanho do livro, mais oun menos na medida. 16 x 22. É uj livro de leitura extensa... Obrigado.

Enviado por JAIME em 08/10/2007


é bom ter conhecido mais a respeito de cm públicar um livro, a dias eu estava com esta duvida em minha cabeça e só agora tive um esclarecimento melhor.eu estou escrevendo um livro e espero q fique bom, logo, na vias das dúvidas eu encontrei resposta aqui.desde já, sem mais para o momento, agradeço.

Enviado por emerson em 24/09/2007


Oi você é maravilhoso dando dicas sobre como editar um libro. Eu sou escritora de romance na minha cidade existe uma associação de escritores eu fui convidada a participar la a gente tem apoio para editar nossos livros em uma editora propria eu tenho um romance pronto e iniciei mais dois. obrigada!
um abraço eu achei bem legal o seu proximo livro pretendo comprar.
escritora Geo Boeno

Enviado por geo em 18/09/2007


Mario olha lá seu e-mail por favor que eu mandei uma solicitação para voce. AGuardo contato.

Tenha um dia produtivo

Enviado por jefferson em 07/09/2007


Mario,
Adorei,voce faz a diferença.
Sucesso,
Lus

Enviado por lusmar carmona em 14/07/2007


gostaria de saber os requesitos para a fabricação de diverças embalagens como por EX. 1kg de farinha milho, 1kg de arroz, 5kg de arroz.

Enviado por eduardo oitava em 06/07/2007


o presente autor se mostra uma pessoa de excelente carater e qualidades literarias e daqui a algum tempo terei o prazer de dividir um espaco do meu livro( O Anjo negro) com um livro do estimado colega nas melhores livrarias do mercado assim que puder edita-lo.Meu livro e indicado ao publico jovem e adulto.

Enviado por luciano figueiredo em 12/06/2007


Olá Mário.
Gostei muito do site e principalmente suas dicas para escrever um livro. O meu sonho em publicar minhas crônicas é antigo, porém nunca tive a coragem de dar o chute inicial. Sabe como é? Tenho vários textos guardados na gaveta que falam do dia-a-dia de uma mulher de 50 com seus medos, angustias, conquistas, sonhos... ou seja, uma mulher normal mas com a coragem de expressar o mais profundo dos seus sentimentos. Obrigada! Acho que achei o caminho. E que Deus me ajude!
Te desejo sucesso, sucesso e mais sucesso!
Mônica Claro amaral
São José do Rio Preto-SP

Enviado por Mônica Claro Amaral em 03/05/2007


gostei muito de sua dicas ensinando com publicar o livro, gostaria de poder receber um e-mail seu mais delhato de quem poderia me ajudar a publicar meu livro pois nao tenho condições de
publica-lo.

Enviado por francilene silva de sousa em 02/03/2007


OI MARIO, FIQUEI MUITO CONTENTE EM TE CONHECER, POIS A MUITO TEMPO PROCURO , COMO PUBLICAR MEU LIVRO. SOU PROFESSORA DE ENSINO FUNDAMENTAL, E O ANO PASSADO TIVE UM CANCER DE MAMA. EU ESCREVI UM LIVRO CONTANDO O QUE ACONTECEU NESSE PERIODO. E COMO ENCONTREI A CURA. OBRIGADA.

Enviado por NEIZE FERREIRA DA SILVA em 03/01/2007


Mário,você é simplesmente maravilhoso!Temos que agradecer a DEUS por existirem " personas" tão especiais como você!És sincero,inteligente e sobretudo com grande espírito cooperativo ao dar tantas dicas aos futuros escritores...Felicidades sempre!!

Enviado por Camilla De Patta em 27/12/2006


Adorei as dicas; e apesar de ter 16 anos gostaria um dia de editar um livro. Imaginação é o que não falta.
Parabéns.

Enviado por Ana Carolina em 09/07/2006


sr mario

Enviado por alegriam em 04/07/2006


Obtenha um Milagre -
Contem Comigo 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9,10
Faça seu pedido e publique que você verá que milagres existem.

Enviado por rafa em 28/06/2006


Ola amigho li seu artigo acima e achei interessanste. Gostaria de perguntar uma coisa, estou escrevendo um livro de leitura erotica, estou encontrando dificuldades para edita-lo, ou vender a historia, por enquanto meu livro ja esta com 150 paginas. O que me aconselha??
Vamos supor que eu tenha 20 mil reais, isso pode ajudar em algo? Fico no aguardo de sua resposta,estou on line. jaime

Enviado por Jaime em 17/06/2006


Sr. Mário, como faço para montar um projeto de um livro, se possível me dê um exemplo.

Grato...

Enviado por João Carvalho em 16/06/2006


Pelo que li, e da forma como você dá dicas de escrever um livro creio que o Mário é uma "Persona" muito legal!!! Suce$$o a você Mário e vou comprar seu terceiro livro nos próximos dias!!!
Abraço.

Amilton Ferreira - Santiago/RS

Enviado por José Amilton em 15/06/2006


Gostei muito das dicas de como publicar um livro!!!gostei muito do blog!parabens!

Enviado por Ana Claudia em 22/05/2006


Ola,Mario...
Estou feliz por estar escrevendo ak, e se for possivel q vc me responda, desde ja eu agradeco.
Primeiramente, gostei mto das suas dicas, mas gostaria de saber,como coordenar as minhas ideias p q eu escreva um livro, como me organizar, pois quero mto escrever, gostaria q vc me desse essas dicas.
Parabens...e obrigada...
Silvania

Enviado por Silvania em 16/05/2006


Mário,

Gostei tenho vários livros já escritos e não editados:
1)A história de uma família (para meus pais - Editado)
2)Além das Comemorações - 150 pag
3)2250 d.c Reparando o passado
4)A vovô de chapeuzinho vermelho e o pé de confusão
5)Memóriapresa - Escrevendo
6)Oração contra a TPM

Creio que esteja no sangue e gosto mesmo de escrever. Caso queira conhecer algum trabalho...

Fraternal abraço,

Eng. Ailton Drumond da Silveira

Enviado por Ailton Drumond da Silveira em 11/04/2006


Sou orientadora infantil ,meu grupo de trabalho é organizado com crianças e pais e criado em razão da necessidade de estimular o desenvolvimento de idéias e realização e sonhos, o nascimento de obras literárias,artigos enfim . E muito do que tenho buscado neste sentido , encontro aqui, parabéns pelo seu talento.

Enviado por Maria Auxiliadora M. Leal em 21/03/2006


Oi Mário, estou escrevendo para uma revista local, artigos sobre comportamento - sou arteterapeuta junguiana - arte,psicologia e filosofia são meus temas favoritos.Agora estou querendo ir mais além e tentar uma publicação para, quem sabe, o próximo ano qdo farei 50 anos. Voce teria umas dicas para me ajudar?

Enviado por Ana Rosa de Oliveira em 19/02/2006


Gostei muito,desejo mais sucesso,parabens.Irei entrar em contato breve.

Enviado por Dinah Ribeiro Oliveira em 02/02/2006


Olá Sr Mário,

Nossa eu simplismente adorei os seus comentários e dicas, eu por exemplo estou seis anos enfiada em uma história sem ao menos conseguir obter nem o titulo por falta de coragem.

tomara que a partir de agora talvez mude alguma coisa.

foi um prazer contactar com você.

atenciosamente
suellen salgueiro

Enviado por Suellen Santos em 02/02/2006


Sempre gostei de escrever, mas nunca pensei em um livro.Minha experiência com adolescentes me fez escrever um. Entendo, contudo que um livro bem sucedidi é mais que apenas palavras.
Obrigado pelas dicas.

Enviado por Ademir Rafael em 23/01/2006


HOJE POSSO AFIRMAR, QUE TIVE ACESSO, A INFORMAÇÕES,QUE REALMENTE ME INTERESSAM , NÃO SOU ESCRITORA, AINDA.
ESTE É O MEU MAIOR SONHO, TENHO UM MONTE DE RASCUNHOS. VOU TERMINAR E CORRER ATRÁS DO MEU SONHO.DEPOIS DESTAS INFORMAÇÕES COM MAIS CAUTELA É CLARO. SONHOS SÃO IMPORTANTES, NA NOSSA VIDA, NÃO PRETENDO DESISTIR, MESMO QUE MUITAS PORTAS SE FECHEM Á MINHA FRENTE. QUANDO CHEGAR O MEU MOMENTO, A MINHA PORTA RELUZENDE, ESTARA ME ESPERANDO,ESCANCARADA ERESPLANDECENTE DE LUZ A ILUMINAR O MEU CAMINHO ...E PODEREI BRILHAR TRANSMITINDO UMA MENSAGEM AO MUNDO....

Enviado por katia morim em 20/01/2006


Olá,

Acho que a sua grande dica - não que as outras não sejam boas - é a postura positiva e o acreditar que devemos ter.
As suas palavras passam isso; é como conversar com alguém pelo telefone e perceber, sem ver, que a pessoa sorri quando fala. Esse é o grande diferencial: acreditar!

Sobre o que disse lá em cima para um certo rapaz, é perfeito; JK Rowling é um ótimo exemplo.

Continue assim, o mundo precisa de pessoas como você.

Grande abraço.

André

Enviado por André em 15/01/2006


Sr. Mário Persona,

É um prazer conhecê-lo. Seria hipócrita se dissesse que já lhe conhecia, minha vida resume-se a trabalhar em uma empresa auxiliar em produtos exportados e minha casa onde todo tempo livre é dedicado a culinária, meu marido e minhas duas filhas, decidi buscar na internet sobre como editar um livro, ísso é um desejo que carrego desde criança, inclusive já começei vários livros porém nunca tive tempo nem paciência para terminá-los e o único que terminei ganhou um concurso na escola, estava na 5ª série e meu professor pediu de presente, tenho muitas idéias e adoro escrever mas o estresse do dia a dia me machucam e desestimulam. Cheguei a doce conclusão que gostaria de mudar de vida e sei que Deus irá me abençoar nisto. Quero escrever um livro. Inicio a fim, escrever com toda a intensidade da alma e estou começando agora mesmo. Obrigado pelas dicas e parabéns pela pessoa em que se tornou. A propósito estarei lhe contactando sempre que necessário para algumas dúvidas.

Abraços.

Enviado por Fabiola Alves Brunelli em 08/01/2006


Fico muito grato por você ter me correspondido. É bom que existam escritores talentosos e ouvintes como você para orientar a nova geração...
muito obrigado.

Enviado por Adriel Lispector em 28/12/2005


Mario Persona....tenho dúvidas sobre como publicar um livro. eu não tenho dinheiro, então a editora vai pagar a produção se aceitar? e se não vender, se não der certo, vou ficar devendo? ou simplesmente não existem casos que a editora paga tudo? como aconteceu com você?por favor. corresponda pelo meu e-mail se puder. eu quero muito publicar mue livro que já está pronto. quem sabe poder ser um novo best seller não é? hahahha. nunca se sabe se está falando com um futuro Stephen King ou um Paulo Coelho...espero sua resposta.

Enviado por adriel lispector em 27/12/2005


Mário, participo há um ano de uma oficina literária e um grupo de poesias pela internet e,recentemente, tive uma poesia publicada em uma Antologia Poética.
No mais, escrevo em diversos sites e continuo aprendendo a cada dia, aprimorando-me, na tentativa de,dentro de mais algum tempo, lançar um livro totalmente meu no mercado.
Sei que as chances não caem do céu e são difíceis, devido ao grande número de pessoas que já publicam e das que anseiam por fazê-lo,mas isso não significa,nem de longe, que eu pense em desistir.
Ainda pretendo ver meu nome na capa de uma edição bem linda,pois uma sessão de autógrafos faz bem demais ao nosso ego(experimentei há pouco)e realizar um sonho,então, não tem preço.
Não quero dizer com tudo isso, que não tenho ambição financeira.Seria mentira, mas o que mais me encanta é participar do mundo da literatura,conhecer pessoas ligadas a ele e tudo o mais.
bjos e obrigada pela força.

Enviado por tania em 12/11/2005


Você é uma ótima "persona". Tenho 20 anos, estou começando a vida de escritor agora, e tenho a certeza de que posso chegar onde quero utilizando a principal ferramenta que é a confiança em mim mesmo e na minha obra. Obrigado por me ajudar a confirmar isso com os seus textos.

Enviado por Danilo M. em 04/10/2005


Prezado Mario,

Como todo brasileiro estou indignado com a situação a qual o nosso país atravessa.

Então, resolvi sair da poltrona e convocar os cidadãos de bem deste país a uma cruzada contra a corrupção. Como fazê-lo?

Escrevi um livro sob o tema: "COMO SER HONESTO DIANTE DA CORRUPÇÃO" com 131 páginas e já registrado na EDA/FBN.

Achei que estava apto a escrevê-lo, pois presenciei muitos fatos nestes 20 anos em que tenho trabalhado para o governo e multinacionais no Brasil e exterior.

Caro Mario, gostaria de saber se você poderia me ajudar a encaminhar para a editora mais apropriada para o tema.

Um grande abraço.

Ciro Hernandes

Enviado por Ciro Hernandes em 27/09/2005


Mario,

Estou escrevendo um livro sobre as relações entre vendedores e clientes usando toda a experiência que obtive ao londo de 20 anos no varejo.
Atualmente trabalho como consultora e adorei suas dicas e informações. Você faz as coisas parecerem simples. Espero que consiga a realização deste projeto.

Um abraço e parabéns!

Valeria Santoro

Enviado por valeria Santoro em 25/09/2005


Prof. Mário Persona.
Foi ótimo encontrar o seu SITE, que na verdade fiz uma busca de "como Escrever Um Livro".
Acho que com suas dicas vou colocar em práticas as minhas idéias. Já tenho algo pronto só preciso dar uma organizada.
Gostaria de dicas sobre como registrar ISBN, ter Direitos Autorais resguardados, e encontrar editora que publique e distribua.
Também, como é feito o controle dos royalties?

Grato

Luciano Wutke
http://www.noni-gate.com/
http://www.spway.com/ngw/noni/

Enviado por Luciano Wutke em 03/09/2005


Gostei bastante de ter passado nesse espaço. É bom saber que outras pessoas também amam os livros e prazer de aprender.
Parabéns pela sua iniciativa de incentivar os novos escritores.
Tenho 17 anos e estou escrevendo o meu primeiro livro e espero terminá-lo em alguns meses.

Enviado por Felipe em 22/08/2005


Oi Mario,estou escrevendo um livro,gostaria da sua opiniao,e que diz respeito a dicas,receitas culinarias, chas caseiros,etc.Sao coisas minhas,da minha mae,sogra e amigas.Como devo proceder para escrever? Sugira-me um titulo.Aguardo resposta.Um grande abraço.Maria Jose

Enviado por Maria Jose Costa Barroso Leal em 28/07/2005


Tenho um livro escrito e hoje disse pra mim mesma; vou correr atras, vou saber como editar o meu livro! Ai cheguei num passo neste Site!

Obrigada Mario!

Maria Erler

Enviado por Maria Erler em 08/07/2005


Uma dica aqui, outra ali, e passo a passo, vou em busca do meu objetivo. Sei estou passando por caminhos tortuosos, carrego como bagagem apenas o sonho de ver meu primeiro livro ser publicado! É como se minha vida dependesse disto!! Mas gracas á pessoas iguais a vc Mário, aumenta minha esperanca e fé em alcansar meu objetivo! Um dia meu livro sera publicado e me lembrarei daqueles que tiveram uma palavra de incentivo! Sei nem todos os caminhos sao de flores, se fosse facil nao teria graca!! Abracos!!
PUBLIQUE ANTES DE LER!!KKKK

Enviado por Joao Cirino Gomes em 26/06/2005


Hoje, 23 de maio de 2005 escrevi a primeira página do meu tão sonhado livro. Espero chegar na última página pois este livro esta entre os sonhos de minha vida. Se publicarei? quem sabe!!!

Enviado por MARIA LÚCIA BELINE MAZZEO em 24/05/2005


Gostaria de receber informações de como proceder na escrita de livro de sonho com realidade ( Ficção ).

Agradeço à atenção.

Enviado por Renato duarte em 19/05/2005


Caro Mário,
Estou desesperado a procura da fórmula, recita, dica seja la qual o for a palavra correta ser usada, de como se escrever um livro... "Idéias que me pertubam a cabeça, e nao me permitem que eu as esqueça, fazendo com que minha alma cresça." Me entende?
Sou péssimo em gramática, terrível em concordância, lastimável em redação... mas sou perito, ótimo e, humildemente lembrado, sensacional em termo de força de vontade. Eu gosto de escrever, fazer o que?
Obrigado pelos segundos a mim cedidos... Grande Abraço.
Marcelo Augusto Pelusch Bonfim

Enviado por Marcelo Bonfim em 05/05/2005


Prof. Mário Persona.
Foi ótimo encontrar o seu SITE, que na verdade fiz uma busca de como Escrever Um Livro.
Acho que com suas dicas vou colocar em práticas as minhas idéias. Já tenho algo pronto só preciso dar uma organizada.
Sou Professor Universitário e Palestrante, talvés facilita para este novo desafio.

Abraços e Sucesso

Braulino José

Enviado por Braulino José dos Santos em 23/04/2005


Olá
Permita-me que o trate por amigo.
De Portugal, com apreço pelo seu trabalho neste site (ainda não adquiri os seus livros), acho fantásticos os pontos apresentados.
Apreço esse que me leva a publicar meu livro em breve. Recebi resposta de uma editora. Valeu a pena. "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena!"

Amigos deste momento em diante,

Miguel

P.S.: Quem acha difícil o investimento de trabalho, de tempo e de energia é que verdadeiramente não acredita em si próprio, não é?

Enviado por Miguel Sousa em 05/04/2005


Caro Mário,

Adorei suas dicas, principalmente aquela onde você diz que, nunca se sabe quando aquela professora ou dona de casa anônima vai aparecer com um novo Harry Potter...
Me senti a própria dona de casa anônima com uma idéia e,graças a você,coragem e iniciativa.Obrigada.

Enviado por Adalva em 16/03/2005


Levei alguns dias procurando caminhos para estudar a publicação de um livro. Demorei mais encontrei você. Muito obrigado pelas dicas.
Nilomar

Enviado por Nilomar Ribeiro em 04/03/2005


Olá, Mário!

Gostei muito das suas dicas. Elas com certeza irão me ajudar a publicar meu livro. Leio muito, gosto muito de livros, e sempre quis ter meus poemas publicados.
Já tinha o rascunho do livro, só faltava mesmo saber como este chegaria às mãos do editor. Graças às suas dicas estou mandando agora mesmo o resumo da minha obra. Obrigado mesmo!

Sucesso!

Abraços,

Danilo

Enviado por Danilo Cava Pereira em 27/02/2005


Olá, Mário!

Gostei muito das suas dicas. Elas com certeza irão me ajudar a publicar meu livro. Leio muito, gosto muito de livros, e sempre quis ter meus poemas publicados.
Já tinha o rascunho do livro, só faltava mesmo saber como este chegaria às mãos do editor. Graças às suas dicas estou mandando agora mesmo o resumo da minha obra. Obrigado mesmo!

Sucesso!

Abraços,

Danilo

Enviado por Danilo Cava Pereira em 27/02/2005


Olá, Mário!

Gostei muito das suas dicas, e tentarei segui-las para publicar meu livro de poesias. Escrevo por prazer, desde meus 11 anos, leio muito e sempre quis ter meus poemas publicados. Já tinha feito o rascunho da obra, só faltava mesmo saber como ela poderia chegar às mãos de um editor. Obrigado pela orientação.

Sucesso!

Abraços,

Danilo

Enviado por Danilo Cava Pereira em 27/02/2005


Amei as dicas,vivendo durante quase trinta anos na Amazônia,vivi e apreciei muitos fatos curiosos e verdadeiros daquela gente simples e em volta numa grande trama de descaso e desilusão, onde a esperança é a única arma de que dispunham na rodovia transamazonica . Tenho um rascunho de um romance da luta dos imigrantes pela sobrevivência e a devastaçao da grande floresta Amazônica.Se puder quem eu peço pra corrigir? Selma

Enviado por selma acosta bragança em 23/01/2005


Muito bem, Sr. Persona. Acontece que o Sr. utilizou, quando da publicação de seu primeiro livro, argumentos fundamentados em fatos profissionais, como ter textos como referência em universidades, ser palestrante profissional, ter um projeto de internet e crônicas publicadas aqui e acolá. Desse modo, concluo que o Sr. já possuia estabilidade financeira (não quero dizer rico, quero dizer apenas estável, o que já é muito neste país desigual), já detinha uma malha de relacionamentos em torno da mídia, enfim, já era bem sucedido profissionalmente o suficiente para persuadir uma editora a publicar seus escritos. Portanto, parabéns por ter sido bem sucedido profissionalmente, e não por ter conseguido publicar um livro. No meu lugar, gostaria de ver o que o Sr. faria. Essas dicas podem ser úteis para quem tem uma posição profissional similar a sua, mas não servem para milhões de pessoas como eu, que têm talento de sobra e oportunidade de menos. Não me venha com essa história de auto-ajuda, de auto-estima, de criar oportunidades, de correr atrás, de marketing pessoal e blá-blá-blá. Sou materialmente humilde, sempre o fui. Sou redator publicitário e jornalista de formação. Todavia, Sr. Persona, tento publicar meus textos(que são notadamente muito bons, pois pessoas discernidas e experientes já os leram) há mais de 10 anos, sendo ignorado por todas as editoras, e já tendo usado, de um jeito ou de outro, todas estas suas dicas e muitos outros recursos (acho que todos eles) sem obter sequer respostas (no máximo, aquelas respostas automáticas que soam como secretárias eletrônicas de centrais de atendimento de cartão de crédito). Não tenho dinheiro para investir. Não tenho mesmo. Portanto, Sr. Persona, só me resta acreditar em fórmulas mágicas, como a sua?? Ou o Sr. estaria interessado em publicar meus textos (poesias, crônicas, contos, prosas...)??

=======

RESPOSTA DE MARIO PERSONA: Como não deixou e-mail, vou responder por aqui.

Não, Eduardo, não existem fórmulas mágicas. Um dos maiores autores de histórias infantis - Dr. Seuss - teve seu primeiro livro recusado 28 vezes pelos editores, antes que alguém acreditasse em sua idéia. Mas ninguém teria acreditado se ele não acreditasse primeiro.

Portanto, embora você aparentemente não acredite, acreditar faz parte da realização de seu sonho. O primeiro editor que acreditou em meu trabalho o fez porque gostava de ler o que eu já escrevia há alguns anos em meu site e em minhas newsletters que assinava. (Você já providenciou um site, blog ou newsletter para divulgar seu trabalho?). Se dependesse de recursos financeiros para publicar um livro, JK Rowling, autora de Harry Potter, não teria saído do salário desemprego para entrar para a lista dos milionários.

Quanto à sua pergunta, não publico textos de terceiros, mas já indiquei para minha editora o trabalho de um amigo e seu livro foi publicado. É claro que gostei muito do que ele escreveu, ou não teria indicado. Em seu caso, a única oportunidade que tive de conhecer um texto seu foi agora, pelo que escreveu acima. Deixo para você adivinhar se gostei ou não. [Mario Persona]

Enviado por Eduardo em 14/01/2005


Do nada pensei em tudo, e do "tudo" tirei coragem, algo que me faltava para tentar publicar o meu primeiro livro. Obrigado pelas dicas e espero poder contar em páginas, num breve espaço de tempo,a maior mentira-verdadeira de um pescador segundo a imaginação de um menino-ciquentão.

Abraços
Cido Morais

Enviado por Cido Morais em 04/10/2004


sou universitario e gostaria de uma ajuda. goistaria de saber o que e mkt de guerrilha e se poderia me dar um exemplo rico de empresa nacional que adota esta tatica. grato

Enviado por felipe nascimento costa em 29/08/2004


É isso ai, Mestre M. Persona

Valei pelas "dicas"

Enviado por willians rezende em 06/06/2004


Caro Mário Persona,
Permita-me trata-lo desta forma. Adorei as dicas, ou melhor as orientações sobre como editar um livro. Tenho todo o rascunho pronto, no entanto ainda não tomei as providências por falta de algumas informações, hoje esclarecidas por voce. Aliás, o livro que escrevi não tem abordagem técnica, pois atuo como gestora administrativa e ministro na Faculdade de Administração a disciplina "Administração Mercadologica I e II" Marketing. Sou também psicanalista sendo levada pela paixão que tenho pelo marketing buscar mais informações sobre o comportamento humano. Obrigada pelas maravilhosas dicas que cairam como um grande prêmio.
Um forte abraço e parabéns pelo sucesso.
Lúcia Helena de Oliveira Moreira

Enviado por Lúcia Helena de Oliveira Moreira em 25/05/2004


UAU!
kpitalismo Literário!
PARABÉNS!

Marcos Paulo Blasques Bueno - UNESP-CR
Rua Benjamin Constant, 44 - Jardim D'Abril - Osasco
São Paulo - Brasil - CEP:06038-050

Enviado por Marcos em 10/05/2004


Não me impressionou deveras este site. Acho q conseguirei fazer muito melhor sem a sua ajuda.
Obrigado!

Enviado por Liberal em 13/04/2004


valeu pela visita irmao!!!

Enviado por fabricia em 15/03/2004


Seus comentários sobre a via crucis para escrever um livro, ou melhor, editar e vender um livro, são bastante pertinentes. Meu primeiro romance ("A Contagem", edit. Plátano) foi finalista no Prêmio Açorianos, o maior prêmio literário aqui no RS; no entanto, continuo com uma boa quantidade de volumes amarelando. Agora, por masoquismo ou sina, estou com originais em várias editoras aguardando retorno - que demora!!!
Já registrei na Biblioteca Nacional o novo título, um romance de ficção MUITO MUITO, MAS MUITO MESMO, BOM!
Se você quiser conhecer meu trabalho, responda este e-mail, mande o endereço, que te envio gratuitamente...
Abraços,
Sandra

Enviado por Sandra Regina Andreatta em 05/03/2004


Caro Dr. Mário,
Na verdade você é espectacular! Eu até já o trato como ídolo.
Grato pelas dicas de como publicar um livro, não porque eu tenha um por publicar mas por me fazer pensar em escrever. Um dia ainda escrevo mesmo.
Gosto da forma como trata os assuntos, quero dizer, a forma como ensina o que sabe e ajuda a outras pessoas a exteriorizarem os seus conhecimentos.
Quase perco o folego quando não tomo o cafe que tem a bondade de servir no Mario Persona CAFE.
Vou procurar os seus livro aqui na praça, já percebi que posso aprender muito.
Um abraço,

*Estudante de 1º ano de Informática de Gestão no
Instituto Superior Politécnico e Universitário
Maputo, Moçambique

Enviado por Jânio Roberto* em 01/03/2004


Mário Persona, suas dicas de como escrever um livro são simplesmente sensacionais. Tenho certeza que após esse incentivo de sua parte, muita gente que tem algo escrito, vai se sentir na "obrigação" de correr atrás de uma publicação.

Enviado por Anderson Soares em 01/03/2004


Escrever um livro deve ser igual
a construir sua primeira casa.
É igual a um filho que nasce.
¨"Calouro após os quarenta"
Tavez seja o projeto para meu
livro, relatando toda a experiência de um jovem quarentão
lado a lado com jovens adolecentes
no banco de uma universidade.
Comerei em breve sua salada de frutas. Parabens!!!
Abraços,
Duda Gifford

Enviado por Duda Gifford em 28/02/2004


adorei seu site por um motivo especial estou louca para fazer marketing e quanto mais leio sobre o assunto mais me fascina,vc é demais parabéns e espero ter oportunidade de ler seus livros.

Enviado por Jamy Mairy em 28/02/2004


Você é a primeira pessoa que consegue mostrar esse mix tutti frutti e as denominações intermináveis do marketing........

Parabéns.

Enviado por Fred Barros em 28/02/2004


Sem palavras! ou melhor... com poucas palavras... simplesmente Mário Persona!
Sucesso absoluto em mais esta empreitada.

Ah! e... obrigado pelas dicas sobre escrever um livro.

Um forte abraço,

Antonio Lopes

Enviado por Antonio Lopes Filho em 26/02/2004


Acho que voce ja sabe. Mas voce é sensacional. Parabens!!

Enviado por Ana Paula em 26/02/2004


Mario,
Acabei de comprar seu novo livro... Agora tenho os 03! Voce realmente é bom, ou pelo menos é bom vendedor de livros! :-)
Abraços!

Eduardo Ferreira - BH-MG

Enviado por Eduardo Ferreira em 26/02/2004


Mário,

Parabéns. Sempre imperdível.

At.

Jacques

Enviado por Jacques em 26/02/2004


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?