Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Quem sabe?"] [Página Inicial] [Próximo: "Comunicação e Marketing Profissional"]

23/09/2003 Professor ou Comunicador?
por Mario Persona

Professor ou Comunicador?

Quando fiz cursinho, ficava impressionado com a capacidade de alguns professores darem um verdadeiro show. Não éramos alunos; éramos platéia. Outros reconhecidamente sabiam mais, porém eram ótimos para insônia. Qual o melhor?

Acho que deve existir um casamento comunicador-professor, pois há pluralidade de receptores. O que seria do amarelo se todos gostassem do vermelho? (ou seria do azul?...) Se existe público para o professor show-man, dá-lhe show-man. Se existe público para o professor instropecto, idem. O que não pode é pensar como o martelo aquele ditado, que enxerga tudo com cabeça de prego.

Isso nos leva a uma área interessante da comunicação, que é a do estímulo, por parte do emissor, do conhecimento/capacidade do receptor. Não basta ter um emissor, uma mensagem e um receptor. É preciso antes identificar a freqüência, como faz o modem ao enviar os sinais de início da transmissão. Ele busca sincronismo antes de passar a informação.

Isso é antigo e permita-me citar os evangelhos, em Marcos 4:33: "E com muitas parábolas tais [Jesus] lhes dirigia a palavra, SEGUNDO O QUE PODIAM COMPREENDER." É a capacidade do receptor que determina a forma de comunicação que o emissor deve adotar. Como há diferentes receptores, devem existir diferentes emissores ou estilos de transmissão. E o emissor deve estar preparado para mudar de freqüência de transmissão com flexibilidade, já que essa relação emissor-receptor sofre constantemente de influências do meio.

A comunicação por parábolas, conceitos ou analogias é uma das melhores maneiras de se encontrar sincronismo. É como num jogo de bilhar. Eu não preciso atingir todas as bolas para colocá-las nas caçapas. Basta eu atingir a bola certa. A capacidade de descobrir e acertar a bola certa é que determina a capacidade do comunicador. Por esta razão um bom comunicador não precisa necessariamente ter tanto conhecimento quanto se esperaria de um bom professor. Explico.

Na cabeça de meu interlocutor há muitas bolas de várias cores. Eu posso ter apenas uma, mas posso usá-la de uma maneira que acerte a bola certa no receptor criando uma reação de sinapses em cadeia que crie o conhecimento que desejo que ele adquira. Não sou eu quem vai dar todo esse conhecimento a ele, mas sou o estímulo que irá criar a reação e destinar as bolas para as caçapas certas. O conhecimento do receptor pode ser, assim, maior até do que aquele do emissor. Só não está coordenado como deveria. O título coordenador lembra algo para quem faz pesquisa?

Só isso permite que, em palestras, eu fale a diretores e presidentes de empresas que muitas vezes têm mais conhecimento do que eu. Preciso saber tudo sobre o assunto? Não. Meu público sabe o necessário. A mim cabe apenas ter a informação que irá complementar o que já sabem e causar a amalgamação desse conhecimento que eles têm na cabeça, mas que até então se encontrava em diferentes compartimentos estanques. Então a missão do emissor fica muito parecida com a do coalho, que causa uma reação no leite e o transforma em queijo sólido e coeso. Alguns acham o método meio azedo, porém...

Então, quando "parabolizo" um conceito sou capaz de alcançar desde o primeiroanista até o doutor, ajudando-os a gerar seu próprio conhecimento segundo a bagagem e capacidade de cada um. Fiz isso com o conceito de CRM em uma crônica como "CRM de Mercearia", que aparece em meu livro Receitas de grandes negócios com o título de “Rodízio Japonês”. Nela eu falo da Caderneta de Registro Mensal do Toshiro, onde o comerciante anotava as preferências dos "fregueses”. Vejo o professor ou palestrante assim, não um mestre e guia, no sentido de manancial do saber, mas um facilitador e estimulador do conhecimento.

Isso também é um bálsamo contra o ego, pois ele sempre irá descobrir que seus pupilos um dia estão sabendo mais do que ele próprio, e não ficará atônito com isso. Numa mudança salutar de paradigma, então o ex-mestre poderá deixar de dizer: "EU (professor) ensinei", para reconhecer: "ELE (aluno) aprendeu".



P.S. *Já ouvi de duas pessoas que foram solicitados para ler minha crônica "CRM de Mercearia" em um curso de pós-graduação da FGV como texto para entender CRM. No Google descubro coisas curiosas a respeito dessa crônica, como a própria na íntegra em trabalho premiado como o melhor na área de Marketing da Faculdade de Economia e Admnistração da USP (FEA) dentre os indicados ao Prêmio Ruy Leme.

O trabalho é "Marketing de relacionamento e CRM: uma análise da gestão de clientes no setor financeiro" de autoria de Thais Regina Godói Valente orientada pelo Prof. José Afonso Mazzon. Só que ali a crônica aparece como "Autor Desconhecido", o que deve ser resultado de sua circulação via e-mail, passando por tantas mãos que acabou gastando o nome. Muito prazer, sou eu. :)

Curso de Comunicação e Marketing Profissional

Dia 24 de Novembro (segunda-feira), das 9:00 às 18:00hs darei um curso de Comunicação e Marketing Profissional na Câmara de Arquitetos e Consultores em São Paulo. Mais informações aqui ou no endereço/telefone/e-mail abaixo.

Minha participação é em um módulo de um curso maior, Gestão Empresarial para a Construção com 64/horas aula, mas neste meu módulo de 8 horas pretendo tratar do profissional de um modo geral (eu mesmo sou arquiteto, embora não praticante). A inscrição pode ser feita em um ou mais módulos.

Câmara de Arquitetos e Consultores
Rua Miguel Cabrera, 43 - Cep.: 01252-090 (Altura do nº 1700 da Av. Sumaré) São Paulo - S.P
Tel/Fax: (011) 3868-3090
E-mail: cursos@camaradearquitetos.com.br

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 2 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

E aí, Autor Desconhecido? Sua marca pessoal nem precisa estar impressa no final do artigo, dá para reconhecer de longe o teu estilo "gostoso" de escrever. É por isso que vc me cativou e se tornou meu professor-comunicador. Obrigada por fazer parte dos meus dias.
Um grande beijo, Vanessa.

Enviado por Vanessa Pegurier em 24/06/2004


Persona,como e´ bom utilizar esse seu excesso de "Personaaaaalidade" abraços Eliane azevedo.

Enviado por eliane azevedo em 24/09/2003


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?