Mario Persona CAFE - Crônicas de vida, carreira e negócios.

"É prova de alta cultura dizer as coisas mais profundas
do modo mais simples" -
Ralph Waldo Emerson 

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona é palestrante, escritor, conferencista, consultor, tradutor, professor de comunicação e marketing.

Mario Persona CAFE

Últimas - Mario Persona CAFE Arquivos - Mario Persona CAFE Receba - Mario Persona CAFE Envie - Mario Persona CAFE Contato - Mario Persona CAFE

Quer publicar estas crônicas em seu site?

[Anterior: "Brigando com o retrovisor"] [Página Inicial] [Próximo: "Teddy Bear-Pererê"]

01/09/2003 Qual tecla eu aperto?
por Mario Persona

Qual tecla eu aperto?

Um amigo contava de seu chefe, que não entendia de computação e costumava perguntar: "Quero fazer um relatório... que tecla eu aperto?"

Na visão míope de seu chefe, criar um novo relatório num computador era algo que se fazia apertando apenas uma tecla. Ele nem imaginava que o computador era incapaz de criar, elaborar e digitar um novo relatório. Aquela era a parte humana do processo, como é o pouso do ônibus espacial nos últimos 60 quilômetros: o computador que pilotou em velocidades supersônicas da reentrada na atmosfera deve dar lugar ao ser humano, o único capaz de fazer um pouso criativo.

Porém existe uma tecla na mente que exige apenas um toque para imprimir um relatório latente. Você aperta e o resto é executado sozinho. Essa tecla se chama paixão. Se você conseguir apertá-la com a pressão adequada ficará surpreso com o que ela é capaz de produzir. Foi assim quando escrevi minha última crônica sobre os 100 anos da Harley-Davidson. Recebi manifestações de várias pessoas apaixonadas pela máquina. Como esta, de meu amigo Lúcio Wandeck:

"Linda crônica! Vá escrever bem assim na casa do zapotek! Mexeu com minhas lembranças, dentre as quais uma Harley queixo duro que tive nos idos da década de 50! Cheguei a consultar o relógio para ver se ainda dava tempo de ir até a loja do BarraShopping comprar uma Harley. Felizmente e infelizmente não dá. Felizmente porque faço 70 anos em outubro e o bom senso contra indica que eu ande sobre duas rodas."

Outra veio de Basilio Martins e acrescenta muito ao que escrevi. Principalmente porque vem de alguém que, ao contrário de mim, vive sua paixão pela Harley:

"Assistimos sua palestra nesta semana na CPFL e gostei bastante. Mas queria mesmo é comentar sua cronica da Harley. Antes, preciso dizer que sou motociclista, motoqueiro há 30 anos, e tenho uma Harley. Qual o motivo? Por que iria querer uma Harley-Davidson sem nunca ter andado numa?

Resposta simples: O mito. Resposta mais elaborada: Além do mito, a moto é muito boa para estrada. Mas ao comprar uma Harley-Davidson você não compra apenas o hardware: ela vem com outras pessoas que também andam de Harley, se encontram na loja da Harley, vestem Harley-Davidson's stuff, falam de Harley e dos problemas que cada uma delas tem e também de negócios, serviço, cerveja e outras coisas.

Além disso, como você mesmo escreveu, toca no coração: Você cumprimenta outro dono de Harley ao cruzar no trânsito, como nos velhos tempos. É uma volta ao passado, usando somente o Teco direito (o criativo - emprestei o Tico e Teco de sua palestra). O Tico esquerdo (racional) diz sempre: A BMW é fantástica, super-moto, etc... Mas simplesmente não é uma Harley-Davidson."

Você já pensou na possibilidade de apertar a tecla certa na mente de um cliente e extrair toda a paixão latente que pode existir ali pelo produto ou serviço que você tem para oferecer? Teclas são apertadas com palavras. Pense nisso.

E a gorjeta, doutor?


Respostas: 2 Pessoas comentaram. E você, qual é sua opinião?

Eu aperto na tecla "Ride and have fun" e tu-tu-tu-tu.
Olá Mário Persona meu nome é Paulo Carvalho, sou antes de mais um apaixonado de motos Harley, por acaso sou também o presidente do clube Harley em Lisboa.
Como diz existem melhores motos que as Harley e mais baratas, mas... há qualquer coisa que nos faz optar pelo irracional e deixar o racional para depois.
Sinceramente nunca tinha ouvido falar de si até que por acaso comecei a lêr as suas crónicas. Gosto muito da maneira como faz deslizar e compôr as palavras, vou passar a ser um leitor regular dessas mesmas palavras e procurar nas livrarias publicações suas.
Bem haja e os meus agradecimentos pela contribuição literária.
Um grande abraço
Paulo Carvalho
(Lisboa,Portugal)

Enviado por Paulo Carvalho em 11/01/2005


A manifestação do ideal objetivo é algo que transparece em nossos sentidos a cada percurso que conhecemos à frente. O seu ideal, amigo, é transparecer a cada instante, passando objetividade, segurança e técnica de seus mais valiosos conhecimentos profissionais.
Quero parabenizá-lo pelo grande trabalho que realiza e peço que se possível, entre em contato comigo para que possamos trocar grandes informações. Obrigado.
AssessoPoint Assessoria Empresarial Ribeirão Preto. (0xx16)9705.6238 ou pelo endereço carlosmoreli@aol.com.

Enviado por Carlos Cesar Moreli em 25/11/2003


Publique aqui seu Comentário. Ele ficará visível nesta página. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do autor deste blog.

Quer falar em particular? Envie um e-mail para
contato@mariopersona.com.br

*Nome (obrigatório):

E-Mail (opcional):

Site (opcional):

Comentário

Código de segurança anti-spam:
Digite aqui em letras maiúsculas)


Leia outros textos nos
arquivos.

Gostou do CAFÉ?
Anote no guardanapo e convide alguém!

De: ....
Para:
Comentário:


*Preencha todos os campos.

Mario Persona CAFE


Subscribe Free
Add to my Page

Cardápio Profissional:

Palestra Palestra com Manteiga
Planejamento Planejamento Light
Comunicação Comunicação Quente
Redação Redação com Ovomaltine
Tradução Tradução Inglesa
Experiência Experiência ao Ponto
Imprensa Imprensa na Chapa
Contato Fale com o Garçom

After Hours: Quero Contar, True Stories, Chapter-A-Day, O Pintor em Minha Janela

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

Livros de Mario Persona

"Ser alguém é ter uma história para contar."
Isak Dinesen

Curioso para saber quem sou? Ok, você pediu. Para poupá-lo, vou começar nos anos 70. Após a fase mauricinho, virei hippie. Isso mesmo. Compus, cantei e toquei em festivais, vivi 3 anos só de macrobiótica e vesti bata de algodão de saco de farinha. Despojamento exterior de um Gandhi, mas vivendo como a rainha da Inglaterra, PAItrocinado no conforto de um apê só meu no Guarujá e faculdade particular em Santos.

Fim dos anos 70, desenhista, designer de ambientes e cartunista, recém formado arquiteto, metido em movimentos de contracultura e volta à natureza, fui morar no mato. Comprei um sítio após uma tentativa frustrada de morar numa comunidade. Onde? Alto Paraiso, GO. Foram 3 anos cantando "Refazenda", criando carrapatos, plantando mato e comendo arroz integral com gersal.

Foi também no fim dos 70 que nasci de novo, após três anos errando à procura de um sentido para a vida em filosofias do extremo oriente. Minha procura terminou no oriente médio
e os anjos ficaram alegres.

Voltei à civilização para continuar a carreira de arquiteto. Tive escritório de arquitetura, fui vendedor de materiais de acabamento, negociador no Banco Itaú e Cia do Metrô, editor de publicações cristãs da Verdades Vivas, tradutor técnico e diretor de comunicação e marketing da Widesoft.

Dinossauro da Internet no Brasil, em 1996 criei meu primeiro site, o bilíngüe
True Stories, seguido do trilíngüe Chapter-A-Day. Trabalhando na Widesoft, criei a comunidade Widebiz e ultimamente mantenho alguns blogs, como este CAFE, o biográfico Quero Contar e o devocional O Pintor em Minha Janela.

Hoje sou
palestrante, escritor, professor e estrategista de comunicação e marketing, além de garçom aqui no Mario Persona CAFE. Para saber mais é só clicar nos docinhos do cardápio profissional lá no alto.

Descobri o ócio criativo e faço que gosto trabalhando em casa. Meus clientes nunca iam ao meu escritório — nem eu — por isso decidi assumir o modelo home-office, conectado a um atendimento profissional, empresas parceiras, ao meu filho
Lucas Persona e aos meus clientes. Adotei o modelo futuro no presente.

Ao lado de minha mesa fica a poltrona de meu filho Pedro, que passa o dia escutando música. Quem é Pedro? Esta é uma outra história que você encontra no livro
"Uma Luta pela Vida", de minha filha Lia Persona, ou acompanhando o blog Quero Contar .

Com tanta
gente lendo meus textos, visitando meu site, assistindo minhas palestras, costumo receber um bom número de e-mails de leitores. Mas nenhum foi tão enigmático quanto aquele que trazia apenas uma pergunta: "Por que você se chama Mario Persona?".

"Você é o contador de histórias de sua própria vida, e poderá ou não criar sua própria lenda."
Isabel Allende



Vida, Carreira & Negócios - PodcastOneVida, Carreira & Negócios - PodcastOne


Powered By Greymatter

Copie o endereço RSS para seu leitor de feed O que é RSS?

 

 

Home | Planejamento | Comunicação | Redação | Tradução | Palestras | Coaching | Crônicas | Experiência | Imprensa | Contato

© Mario Persona Consultoria Ltda. contato@mariopersona.com.br Tel (19) 3038-4283 / Cel (19) 9789-7939 - Limeira - SP - Brasil

moving on, marketing de gente, gestão de mudanças em tempos de oportunidades, receitas de grandes negócios, crônicas de uma internet de verão


© Mario Persona

BlogBlogs.Com.Br Who links to my website?